João Pessoa, 04 de setembro de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
crise interna

PSB tenta nova rodada de negociação

Comentários:
publicado em 04/09/2019 às 10h27
atualizado em 04/09/2019 às 12h15
Sede do PSB em João Pessoa - Foto: Maurílio Júnior

O governador João Azevêdo (PSB) e o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) foram convocados pelo presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, para uma nova tentativa de negociação sobre o futuro do partido na Paraíba diante da crise provocada por integrantes do diretório estadual ligados a Coutinho, que assinaram cartas renúncias, provocando a destituição do atual presidente, Edvaldo Rosas, e uma nova eleição na legenda, um ano antes do fim mandato. O encontro está programado para acontecer na próxima segunda-feira (9), em Brasília.

“Foram convidados os membros da Executiva nacional e o governador João Azevêdo”, informou Siqueira ao Portal MaisPB. Ricardo Coutinho faz parte da Executiva nacional.

A crise interna do PSB colocou Azevêdo e Coutinho de lados opostos. O governador foi contra a destituição de Rosas do comando do partido. Desde a nomeação do então presidente do PSB para Secretaria Chefe de Governo, no início do mês passado, as deputadas Cida Ramos e Estela Bezerra – historicamente ligadas ao ex-governador – deflagram a crise. As parlamentares defenderam a saída de Rosas do comando do partido, para que o ex-governador assuma a condição. O pedido das deputadas foi retrucado por Azevêdo e Rosas.

O conflito refletiu na manifestação SOS Transposição, no último domingo (1), em Monteiro. Sem a presença do governador João Azevêdo, o público foi pequeno e alvo de críticas de petistas, com o deputado estadual Anísio Maia, que atribuiu a ‘salvação’ do evento à presença de militantes do PT.

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também