João Pessoa, 12 de setembro de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
crise do PSB

Veneziano rebate indiretas de ricardistas

Comentários:
publicado em 12/09/2019 às 11h00
atualizado em 12/09/2019 às 13h19
Governador João Azevêdo e o Senador Veneziano Vital - Foto: Arquivo

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB) disse, nesta quinta-feira (12), não aceitar provocações que colocam em xeque seu merecimento na eleição de 2018.

Em meio à crise interna do PSB, tanto Veneziano como o governador João Azevêdo (PSB), tiveram suas eleições desdenhadas pela ala do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), que atribui a Coutinho o sucesso de ambos no pleito do ano passado.

“Ninguém constrói nada isoladamente. As vitórias de Ricardo contaram com a presença de outros tantos companheiros ao longo da sua história. Não estou na condição de senador apenas pela ajuda de Ricardo, que teve em 2018 um gesto maiúsculo em nome do projeto, mas tive outros tantos companheiros e merecimentos próprios”, respondeu Veneziano, em entrevista à Rádio Jovem Pan de João Pessoa.

Veneziano também saiu em defesa de Azevêdo: “Se João não fosse uma pessoa qualificada a população não o acolheria. Não vamos estabelecer quem deve mais a alguém”, afirmou.

O senador Veneziano Vital, o governador João Azevêdo, o presidente destituído Edvaldo Rosas e a secretária de Políticas para as Mulheres, Valquíria Alencar, recusaram a participação na Comissão Provisória do PSB que terá a presidência do ex-governador Ricardo Coutinho.

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também