João Pessoa, 31 de agosto de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
preso na 'Famintos'

Justiça nega habeas corpus a Maracajá

Comentários:
publicado em 31/08/2019 às 10h48
atualizado em 31/08/2019 às 12h49
Vereador de Campina Grande, Renan Maracajá

O desembargador Rogério Fialho, do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, em Recife, negou o pedido de habeas corpus da defesa do vereador de Campina Grande, Renan Maracajá (PSDC), preso no último dia 22 de agosto pela Polícia Federal no âmbito da Operação Famintos.

O advogado de Maracajá, Jolber Amorim, informou que espera o parecer do Ministério Público Federal e as informações do juiz da 4ª Vara Federal de Campina Grande para que o mérito do pedido seja julgado na Terceira Turma do TRF-5.

Renan Maracajá está detido na Penitenciária de Segurança Média Hitler Cantalice, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa.

A Operação Famintos investiga um esquema criminoso especializado em fraudar licitações referentes à compra de merendas para distribuição em escolas municipais.

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também

Colunas

Whatsapp(83) 99346-5236

Manhã na Praia de Acaú, no município de Pitimbu, Litoral Sul

Enviado por
Josivaldo Alves

mais lidas