João Pessoa, 18 de agosto de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
libras

Humorista leva inclusão para shows e critica Michelle Bolsonaro

Comentários:
publicado em 18/08/2019 às 14h44
Foto: Divulgação

O humorista Gustavo Mendes, conhecido pela imitação da ex-presidente Dilma Rousseff, decidiu aprender libras para realizar shows inclusivos e criticou a primeira-dama, Michelle Bolsonaro por ‘não ser representante’ da comunidade. Além disso, ele também contratou um especialista para acompanhá-lo durante as apresentações.

“Veio da necessidade de me comunicar, simples assim. Os surdos tem muito a dizer, eu tenho muito a dizer e queremos nos comunicar com fluidez uns com os outros. Empatia e inclusão sao bandeiras que já havia tomado pra minha vida e agora quero usar meu trabalho pra poder fazer todo nundo rir, surdo ou não”, disse Gustavo.

O humorista ainda criticou Michelle Bolsonaro, que realiza campanhas para inclusão dos surdos. De acordo com ele, não é possível aceitar os absurdos do esposo [Jair Bolsonaro] e falar sobre inclusão ao mesmo tempo.

“Ela não é a maior representante, ninguém que está ao lado, concordando e aceitando os absurdos que seu, ‘conje’, como diria o ministro Moro, tem o direito de falar sobre empatia e inclusão antes de usar os surdos como plataforma para parecer boa moça”, disse.

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também