João Pessoa, 25 de março de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Repórter de esportes e de política. Atualmente em Rádio Arapuan. Antes, Sistema Correio de Comunicação, Rede Paraibana de Notícias e Blog do Gordinho. Neste espaço, opinião, informação, entrevistas e bastidores. Contato com a Coluna: contato.mauriliojunior@gmail.com

Treze

Juíza transfere competência do caso Marcelinho

Comentários:
publicado em 25/03/2017 às 20h05
atualizado em 25/03/2017 às 20h12

Reprodução/TV Itararé

A juíza da 4ª vara do trabalho de Campina Grande, Maria Iris Diógenes Bezerra, decidiu na última terça-feira, 21, transferir a competência da ação movida pelo meia Marcelinho Paraíba contra o Internacional de Lages para o estado de Santa Catarina.

A decisão não implica na permanência de Marcelinho no Treze, conforme apurou a coluna com os advogados do jogador.

A defesa já ingressou com recurso para manutenção da competência na Paraíba.

A defesa ainda entende que os efeitos da liminar já foram exauridos, com os objetivos alcançados. Assinatura de contrato e regularização do atleta.

No dia 28 de novembro do ano passado, a magistrada Maria Iris Diógenes Bezerra, deferiu a liminar que libera Marcelinho do time catarinense para assinar com o Treze. A alegação foi a de não cumprimento do Inter-SC com as obrigações do depósito fundiário com o meia.

Leia Também