João Pessoa, 17 de maio de 2024 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
aponta sudema

Depois de operação, novos trechos de praia são liberados para banho na Paraíba

Comentários: 0
publicado em 17/05/2024 às 18h48
atualizado em 17/05/2024 às 16h43
Cabedelo, na Região Metropolitana de João Pessoa

A Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) divulgou, nesta sexta-feira (17), o mais recente relatório de balneabilidade do litoral do estado. Com amostras coletadas nos dias 13 e 14 de maio, o relatório nº 20/2024 já apresenta melhores resultados quanto à balneabilidade das praias do estado.

Nesta semana, 40 trechos do litoral foram classificados como próprios, quatro a mais do que na semana passada. 24 pontos ainda estão impróprios. O documento é elaborado pela Coordenadoria de Medições Ambientais (CMA) da autarquia e avalia a qualidade da água em 64 pontos de coleta ao longo de toda a costa.

Para o superintendente da Sudema, Marcelo Cavalcanti, “a avaliação sistemática da balneabilidade representa um elemento chave na preservação do ecossistema marinho, avaliando a integridade das águas costeiras”. “Esta análise constante também desempenha um papel determinante na detecção e mitigação de eventuais impactos ambientais”, ressaltou.

O superintendente também destaca que o trabalho realizado pelo laboratório da Sudema fornece elementos técnicos para acompanhar o crescimento do turismo no estado. “O trabalho de monitoramento da balneabilidade busca garantir a integridade sanitária das praias, desempenhando um papel fundamental na gestão ambiental sustentável dessas regiões e na promoção de um turismo responsável”, pontuou.

A coleta de amostras ocorre em locais estratégicos e selecionados, considerando variáveis que podem influenciar a qualidade da água, incluindo a presença de desembocaduras de rios e galerias pluviais, além do fluxo de banhistas.

Conforme diretrizes técnicas, os trechos que são identificados como impróprios nos relatórios semanais abrangem um raio de 100 metros a partir do ponto de coleta. As áreas fora dessa abrangência são consideradas próprias para banho, com reavaliações periódicas.

Além de fornecer dados relevantes ao público, os relatórios de balneabilidade, emitidos semanalmente pela Sudema, respaldam medidas e políticas de conservação e gestão ambiental nas regiões costeiras do estado. Os relatórios são produzidos após análises bacteriológicas das amostras, conduzidas nas instalações da autarquia. A coleta é realizada pelos técnicos da Sudema conforme as diretrizes do Guia Nacional de Coleta e Preservação de Amostras.

Durante o procedimento de coleta, os técnicos adentram a água até a linha de cintura, removem a tampa do frasco com precaução para evitar contaminação, preenchem o frasco até três quartos de sua capacidade, identificam-no e fazem o transporte para o laboratório em caixa térmica, mantendo a integridade das amostras sob refrigeração.

MaisPB