João Pessoa, 17 de abril de 2024 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
aumento do volume

Força-tarefa com PM, Bombeiros e Defesa Civil monitora Açude Engenheiro Ávidos

Comentários: 0
publicado em 17/04/2024 às 06h53
atualizado em 17/04/2024 às 06h09
(Foto: Isaías Oliveira/Diário do Sertão)

As Prefeituras de Sousa e Cajazeiras, no Sertão paraibano, criaram forças-tarefa para monitorar a situação do Açude Engenheiro Ávidos e prestar assistência ágil à população em caso de acidentes.

O prefeito de Cajazeiras, José Aldemir, afirmou que embarcará para Brasília para pedir ao governo federal providências em relação ao açude.

O Corpo de Bombeiros de Cajazeiras, viaturas do 6º Batalhão de Polícia Militar, Corpo de Bombeiros de Patos, engenheiro de segurança da AESA de João Pessoa estão na cidade para formar uma força tarefa. O DNOCS informou que está monitorando a situação. As últimas informações repassadas pelo Coronel Charlton, comandante do Corpo de Bombeiros de Cajazeiras, dão conta que a situação está sob controle.

Hoje, uma equipe de secretários municipais irão até o distrito de Boqueirão para acompanhar de perto a situação.

Já a Prefeitura de Sousa afirmou que a Defesa Civil monitora a situação com outros órgãos para prestar a assistência necessária.

Moradores da região do açude alegam o risco de que em havendo o transbordamento possa acontecer inundações na região mais próxima ao manancial. O alerta foi intensificado nas últimas horas devido às fortes chuvas que atingem a região.

Em nota encaminhada à redação do Portal MaisPB, o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) disse, na tarde desta terça-feira (16), que tem adotado algumas ações na barragem para evitar problemas.

MaisPB