João Pessoa, 05 de dezembro de 2023 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
disputa em Minas Gerais

STF decide que não há vínculo de emprego entre empresa e motorista de aplicativo

Comentários: 0
publicado em 05/12/2023 às 18h03

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira (5) que não há vínculo de emprego entre um motorista de aplicativo e a plataforma para a qual presta serviços. Os ministros analisaram uma disputa que começou em Minas Gerais, envolvendo um motorista de aplicativo e a empresa Cabify.

Anteriormente, o Tribunal Regional da 3ª Região de Minas Gerais reconheceu o vínculo de emprego entre a empresa e o trabalhador. A decisão estadual foi anulada pelo STF. O relator do caso, ministro Alexandre de Moraes, afirmou que, agora, a definição foi feita pela primeira vez por um colegiado do Supremo.

“É uma nova forma, e uma nova forma que possibilitou o aumento de emprego e de renda”, afirmou o ministro. “Um passo atrás nisso seria não só inconstitucional mas, do ponto de vista do interesse público, extremamente prejudicial à sociedade”, completou.

O ministro pontuou que os motoristas e entregadores têm a liberdade de aceitar as corridas que quiserem, de fazer seus horários e de ter outros vínculos. Assim, não fica caracterizada a exclusividade, um dos requisitos para identificar a relação de emprego.

MaisPB com g1