João Pessoa, 04 de agosto de 2022 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
"monkeypox"

Paraíba confirma primeiro caso de Varíola dos Macacos e investiga seis suspeitas

Comentários:
publicado em 04/08/2022 às 18h04
atualizado em 05/08/2022 às 05h23

A Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba (SES-PB) confirmou, nesta quinta-feira (4), o primeiro caso de Varíola dos Macacos em solo paraibano. O caso é de uma jovem do sexo feminino, que foi infectada na capital João Pessoa. Outros seis casos suspeitos da doença estão em investigação neste momento.

Apesar da Organização Mundial da Saúde (OMS) já ter declarado a Varíola dos Macacos como emergência de saúde pública de importância internacional, dos mais de 1369 infectados no Brasil e uma morte em Minas Gerais, a secretária de saúde do estado, Renata Nóbrega, ressaltou que não é momento para alarde da população.

“É do sexo feminino, adulto jovem. Nós estamos monitorando. Foi um caso leve, que a vigilância do município de João Pessoa segue acompanhando. E um alerta: não é momento de alarde da população. Mas é importante esclarecer as medidas e evitar a transmissibilidade para outras pessoas”, disse.

Também conhecida como “Monkeypox”, a Varíola dos Macacos é uma doença viral rara transmitida pelo contato próximo com uma pessoa infectada. Entre os sintomas, está a febre e os gânglios (linfonodos) inchados, ou seja, manchas sobre a pele. Na Paraíba, outros casos suspeitos estão sendo investigados.

“Atualmente, na Paraíba, no boletim de hoje, nós divulgamos nove casos: dois já foram descartados, um confirmado e seis seguem em investigação”, disse Renata Nóbrega.

Com a vacina já encomendada pelo Ministério da Saúde, a secretária reforça a importância da população se atentar aos sintomas, e caso perceber, procurar uma Unidade de Saúde da Família (USF) para receber uma orientação dos profissionais e não transmitir para mais pessoas.

Leonardo Abrantes – MaisPB

MaisTV

Queiroga minimiza críticas ao filho e diz que PB vai saber separar ‘joio do trigo’

ELEIÇÕES 2022 - 09/08/2022

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas