João Pessoa, 09 de janeiro de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Marcos Pires é advogado, contador de causos e criador do Bloco Baratona. E-mail: marcos@piresbezerra.com.br

De: creusapires@comDeus.céu / Para:cicerolucena@prefeito.com

Comentários:
publicado em 09/01/2021 às 07h01
atualizado em 08/01/2021 às 16h15
A- A+

“Cicero, (foto) bom dia. Aqui no céu a sua vitória foi muito comemorada por amigos. O primeiro a se alegrar foi Cabral Batista, que sempre considerei o melhor prefeito de João Pessoa porque no seu único mês de mandato plantou os coqueiros da beira mar, coisa que você poderia ampliar, quem sabe até tirando aquelas castanholas e substituindo-as por arvores frutíferas como cajueiros e mangueiras. Os turistas iriam adorar. Aliás, já que estou me referindo à praia, aquele meu filho que tem o juízo aperreado mas é excelente pessoa (além de parecer com um galã de cinema) lhe fez uma sugestão muito boa; que os “donos” dos quiosques da calçadinha sejam obrigados a deixarem banheiros limpos e abertos a todo o público desde o inicio da manhã até o final da noite, porque como eu tenho visto aqui de cima, os caminhantes e atletas tem que se aliviar nas raras touceiras de mato ainda existentes na areia. Na verdade, isso seria o mínimo que os quiosqueiros poderiam fazer porque aqueles quiosques são do povo, não são de propriedade deles. Portanto nada mais justo do que retribuírem um pouco essas concessões. Não haveria qualquer custo para a prefeitura com essa medida. Ainda para ficar nos assuntos da praia, meu filho, abra os olhos para o apossamento das áreas públicas. Está uma vergonha aquele desparrame de quadriciclos e bicicletas ofertadas para aluguel em cima das calçadas e parte da praia. Cuide; quem quiser se estabelecer que alugue uma casa para oferecer seus produtos. Também não permita, Cicero, que por qualquer razão desmanchem o largo de Tambaú; ficou uma beleza (Até soube que quiseram colocar meu nome naquele largo, mas infelizmente fui vencida, com certeza por alguém que fez muito mais para a cidade do que eu). É bonito observar os idosos à tardinha passeando com seus netos naquele espaço, as madames com seus pets e a juventude fazendo ali o que no tempo antigo se chamava “quem me quer”. Quem sabe você aproveitaria os excelentes professores da rede municipal e fazia naquele espaço umas aulas de teatro ou colocaria contadores de histórias?

Veja que até agora só tratei de providencias que você pode tomar sem onerar em um centavo os cofres públicos. Vou parando por aqui, mas continuarei a observar seus primeiros dias nessa nova administração. Se o que estou dizendo fizer sentido e for aproveitado, voltarei a me comunicar com você. Por fim, saiba que tudo o que vocês fazem aí embaixo nós observamos daqui, de maneira que dispensam-se mensageiros vindos daí, a menos que estejam lhe aperreando muito.”

* Os textos dos colunistas e blogueiros não refletem, necessariamente, a opinião do Portal MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!