João Pessoa, 04 de junho de 2020 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
alagoa grande

Primeira-dama é cadastrada para receber auxílio

Comentários:
publicado em 04/06/2020 às 15h48
atualizado em 04/06/2020 às 16h39
A- A+

A primeira-dama de Alagoa Grande, no Brejo Paraibano, Adriana Karla de Melo Lima, afirmou ter sido cadastrada “por engano” para receber o auxílio emergencial do Governo Federal, programa destinado para pessoas atingidas pelos efeitos da pandemia do novo coronavírus.

Após o cadastro, Adriana Karla emitiu, através de sua assessoria, nota afirmando que um equívoco de uma servidora acabou incluindo seu nome entre os que receberiam os recursos.

De acordo com a nota, com o intuito de entender o funcionamento do APP CAIXA | Auxílio Emergencial, a primeira-dama realizou teste com a ajuda de uma colaboradora todo o procedimento de inscrição, utilizando seus dados pessoais, tomando o cuidado de não concluir a inscrição, mas processo foi finalizado.

Confira nota 

Diante do fato noticiado de que a primeira-dama do município de Alagoa Grande teria recebido o auxílio emergencial do governo federal, destinado às pessoas impactadas economicamente pela pandemia do novo corona vírus, vimos esclarecer:

A senhora Adriana Karla de Melo Lima atua direta e permanentemente nas atividades de assistência social do município de Alagoa Grande, coordenando ações que tem beneficiado milhares de famílias ao longo dos últimos anos.

Este trabalho é exercido de maneira completamente voluntária, não tendo a primeira-dama qualquer cargo ou salário pago pelo poder público.

No momento do surgimento da pandemia, através de suas ações, a secretaria de Desenvolvimento Social de Alagoa Grande iniciou uma série de ações no sentido de minimizar os efeitos econômicos da crise nas vidas das famílias alagoagrandenses.

Com a liberação do auxílio emergencial por parte do governo federal, houve uma grande demanda na cidade por informações sobre como funcionaria o sistema de distribuição dessa verba para a população e, com o intuito de entender o funcionamento do APP CAIXA | Auxílio Emergencial, a primeira-dama realizou, a título de TESTE, com a ajuda de uma colaboradora, todo o procedimento de inscrição, utilizando seus dados pessoais, tomando o cuidado, no entanto, de NÃO CONCLUIR O PROCESSO DE INSCRIÇÃO.

Ocorre que dias depois foi comunicada por mensagem que teria sido depositada uma quantia em dinheiro em conta digital aberta sem sua solicitação ou anuência na Caixa Econômica Federal, o que lhe causou estranheza, já que ela não havia finalizado o procedimento de inscrição.

Diante desse fato, a senhora Adriana procurou um advogado para se informar sobre os procedimentos necessários para sanar o problema e efetuar a devolução integral dos valores recebidos, recebendo deste informação disponibilizada pela própria Caixa Econômica Federal sobre a devolução voluntária do auxílio em caso de erros na solicitação, que segue abaixo:

“Caso seu cadastro não seja aprovado para o recebimento do benefício, ou o resultado seja dados inconclusivos, basta não contestar o resultado para que seu cadastro seja desconsiderado.

Caso a solicitação seja aprovada, o cidadão deverá aguardar as orientações que serão disponibilizadas no site da CAIXA a respeito da devolução voluntária do recurso.”

Imediatamente após ser disponibilizado pela Caixa Econômica Federal o procedimento próprio para que fosse feita a devolução – o que só aconteceu no último dia 18 de maio -, a senhora Adriana solicitou ao seu advogado que procedesse a devolução integral do valor recebido, o que foi realizado no tempo necessário para que todos os trâmites fossem obedecidos.

Desta forma, temos a informar que já foi devidamente sanado o problema e corrigido o que pode ter sido uma falha do próprio sistema ou até um equívoco cometido, sem nenhum dolo, no momento em que foi feito o teste para entender o funcionamento do APP CAIXA | Auxílio Emergencial.

Com este esclarecimento, esperamos que não restem quaisquer dúvidas sobre os acontecimentos e ressaltamos a importância do trabalho árduo e profícuo que vem sendo realizado pela administração municipal de Alagoa Grande ao longo dos últimos meses, no âmbito de todas as secretarias municipais, com destaque para as secretarias de Saúde e Desenvolvimento Social, para combater os efeitos da pandemia em nossa cidade.

Agradecemos à imprensa pela atenção e parabenizamos pela responsabilidade, compromisso e diligência na investigação e divulgação de todos os fatos relevantes neste momento, inclusive aqueles que possam atentar contra a moralidade e o interesse público, os quais condenamos veementemente.

Roberto Targino – MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!