João Pessoa, 28 de fevereiro de 2020 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
caos na segurança

Bolsonaro estende Forças Armadas no Ceará

Comentários:
publicado em 28/02/2020 às 15h50
atualizado em 28/02/2020 às 14h07
A- A+
Foto: Reprodução do DCM

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) prorrogou, nesta sexta-feira (28), o emprego das Forças Armadas no Ceará por mais uma semana. Com a medida, os militares do exército vão ficar até a próxima sexta-feira (06) no Estado.

Desde a semana passada, cerca de 2,5 mil homens reforçam a segurança no Ceará com a greve da Polícia Militar. O Exército da Paraíba encaminhou 150 militares para que possam atuar no combate à violência.

Confira a nota divulgada pelo presidente:

NOTA

O governador do estado do Ceará formalizou ao presidente Jair Bolsonaro, no dia 19 de fevereiro de 2020, por meio de ofício, a incapacidade de gestão da sua força policial em decorrência da paralisação das forças de segurança na região.

Sendo assim, o governo federal determinou, no período de 21 a 28 de fevereiro de 2020, o emprego das forças federais no Ceará por meio do decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO).

No dia 26 de fevereiro, o governador do Ceará pediu uma prorrogação da GLO. O governo federal, por sua vez, autoriza a prorrogação e entende que, no prazo de até o dia 6 de março, a situação deva ser normalizada, prevalecendo o bom senso. O governo federal avalia que se trata de uma negociação do estado, entretanto, continua prestando seus esforços de ajuda à população.

Ressalta-se a importância de que o Congresso Nacional reconheça que, o emprego da GLO, dada a necessidade de segurança aos integrantes das forças, muitos deles jovens soldados com cerca de 20 anos de idade, discuta e vote o excludente de ilicitude.

Presidente Jair Bolsonaro

MaisPB