João Pessoa, 10 de dezembro de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
PBPrev e PB Saúde

Oposição pede vistas e adia votações de projetos de leis

Comentários:
publicado em 10/12/2019 às 16h18
atualizado em 11/12/2019 às 04h28
A- A+
Deputados analisam PL da previdência. (Foto: Maurílio Júnior/MaisPB)

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) apreciou, nesta terça-feira (10), o Projeto de Lei Complementar que altera o regime previdenciário no Estado. Tema polêmico dividiu a opinião dos deputados presentes na Assembleia Legislativa, que divergiram sobre a votação acontecer hoje.

O pedido de vistas, feito pela deputada Camila Toscano (PSBD) adiou a apreciação da pauta.

O Projeto de Lei que cria a Fundação Paraibana de Gestão em Saúde, PB Saúde, também seria apreciado na CCJ, mas o deputado estadual Wallber Virgulino (Patriota) pediu vistas da matéria.

O deputado Raniery Paulino (MDB) também chegou a pedir uma análise maior do texto. Porém, a medida foi questionada pela bancada governista da CCJ, que gerou crítica da deputada Camila Toscano. “É inadmissível que o líder não possa pedir vista só para que a previdência seja votada”, pontuou.

Relator da proposta da Previdência, o deputado Junior Araújo votou pela sua admissibilidade. “Até onde pude observar, não há qualquer impedimento para que ela venha a ser apreciada”, considerou. Líder do Governo, o deputado Ricardo Barbosa (PSB) também votou pela inclusão do projeto na votação.

MaisPB