João Pessoa, 24 de abril de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
crime

Operação flagra ‘gato’ em restaurantes

Comentários:
publicado em 24/04/2019 às 17h36
atualizado em 25/04/2019 às 06h14

Nesta quarta-feira (24), dois restaurantes em João Pessoa foram flagrados por furto de energia elétrica. O Centro de Inteligência do Departamento de Combate às Perdas da Energisa apontou grande variação no consumo do Restaurante Opção, no Centro de João Pessoa, onde o estabelecimento estava com a energia suspensa por falta de pagamento e se auto religou na rede.

O segundo flagrante foi no Du Bistrô, em Manaíra, onde o restaurante estava com a energia desligada, sem medidor, e foi ligado diretamente na rede pelo proprietário. Equipes da Energisa com apoio da Polícia Civil e o Instituto de Perícia Criminal (IPC) estiveram no local e constataram os desvios (gato de energia) nos estabelecimentos. Agora, após constatado o furto, a Energisa vai levantar quanto de energia foi desviada e por quanto tempo. Conforme previsto no Código Penal, art. 155, o furto de energia é crime e o responsável pode ser condenado de um a quatro anos de cadeia mais multa.

O consumidor regular também é prejudicado com a prática dos ‘gatos’, pois parte do valor roubado é acrescido diretamente na tarifa mensal. Além do prejuízo financeiro, o consumidor pode ter a qualidade do fornecimento de energia prejudicada, já que a rede não foi dimensionada para suportar gambiarras podendo causar incêndios e choques elétricos. O cliente pode e deve denunciar, de forma anônima, furtos de energia, através dos 0800 083 0196, site e aplicativo Energisa On.

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também