João Pessoa, 23 de março de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
alerta

CG registra 8,5 mil acidentes em três anos

Comentários:
publicado em 23/03/2019 às 16h15
atualizado em 24/03/2019 às 15h01

Os números de acidentes são alarmantes e provocam um prejuízo gigantesco para o poder público,e sobretudo, para as pessoas envolvidas nas ocorrências. São traumas e sequelas de todos os tipos que poderiam, muitas vezes, ser evitados caso as leis de trânsito fossem respeitadas.

Dados da Superintendência de Trânsito e Transporte de Campina Grande, a STTP, mostram que nos últimos três anos 8.601 acidentes foram registrados na cidade.

O médico ortopedista do Hapvida, Eduardo Guedes, alerta que a maioria dos acidentes ocorre com motocicletas, tornando traumas de punho e dedos os mais frequentes.

“Vivemos em uma época de trânsito intenso e em que se criou um senso de urgência muito grande. E temos uma quantidade muito grande de motociclistas no trânsito diário. Então acidentes de moto acabam se tornando inevitáveis. O melhor caminho para evitar os acidentes é a prudência”, observa.

Ocorrendo um registro é imprescindível o acionamento de serviços de resgate e urgência, como o Samu e o Corpo de Bombeiros, para a realização dos primeiros atendimentos.

“As sequelas funcionais decorrentes de fraturas são mais comuns, porém na maioria das vezes o paciente consegue evoluir. Tudo depende da energia do trauma, se foi em alta velocidade e a forma da lesão”, lembra Eduardo Guedes.

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também