João Pessoa, 12 de setembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
drama

Herói do Vasco viu mãe morrer em assalto na infância

Comentários:
publicado em 12/09/2017 às 10h16
A- A+
(Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Herói do Vasco no fim de semana, o jovem Mateus Vital, de 19 anos, teve uma trajetória difícil na vida até chegar ao seu primeiro gol como profissional no último sábado, na vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio. O meia, que ainda é chamado pelo apelido de “Pet” por companheiros e funcionários do clube, presenciou a morte da mãe quando tinha apenas nove anos de idade.

A tragédia aconteceu em 2007, na volta para casa após um treinamento do futsal, e foi resultado de uma tentativa de assalto na Zona Norte do Rio de Janeiro. Além de Vital, estavam no carro seu pai, um irmão e um amigo, que não se feriram. Mateus já era do Vasco, onde chegou com 5 anos.

Quando a mãe de Mateus deixou o carro para argumentar com os bandidos, a aproximação de uma viatura policial acabou por resultar em uma troca de tiros. No meio da confusão, ela foi atingida por uma bala e não resistiu aos ferimentos.

Apesar de todo o sofrimento da família, Vital foi forte e não pensou em desistir do sonho de ser jogador de futebol por achar que a mãe não gostaria de saber desta opção.

Em sua conta no Instagram, o meia postou uma foto onde demonstra toda a saudade que sente dela (veja abaixo).

Uol Esporte

MaisTV

Família quer júri popular e pena máxima para acusado de matar Patrícia

AUDIÊNCIA DE INSTRUÇÃO - 24/09/2021

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas