João Pessoa, 11 de junho de 2016 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
esclarecimento

Prefeito nega inchaço de folha com comissionados em Alagoa Grande

Comentários:
publicado em 11/06/2016 às 17h25
atualizado em 12/06/2016 às 08h03
A- A+

O prefeito da cidade de Alagoa Grande, Hildon Régis Filho (Bôda), enviou nota ao Portal MaisPB, esclarecendo matéria divulgada neste sábado (11) sobre dados do Portal Sagres, do Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB), sobre o aumento no número de servidores comissionados entre os meses de janeiro e março deste ano.

O gestor disse ter recebido a notícia com surpresa, pois o que existe na verdade, é uma diminuição no quadro de servidores municipais desde que ele assumiu a Prefeitura em 2013.

Segundo Bôda, a Prefeitura exonera no final do exercício todos os cargos comissionados que não estão a partir daí em atividade, como é o caso dos diretores de escola, readmitindo no início das aulas do exercício seguinte.

Confira, na íntegra, a nota da Prefeitura de Alagoa Grande:

Li com surpresa a matéria que evidencia um suposto aumento de cargos comissionados na Prefeitura Municipal de Alagoa Grande. A bem da verdade o quadro de servidores desta edilidade vem diminuindo gradativamente desde que assumimos em janeiro de 2013.

Basta consultar os dados do Sagres da gestäo anterior onde no exercício de 2012 , destaque-se o mês de agosto, a prefeitura contava com 1.408 servidores , sendo 214 comissionados e 237 contratados por excepcional interesse público.

Em dezembro de 2015, o quadro de servidores apresentava um total de 948 servidores, dos quais 176 comissionados . Por economia de gasto de pessoal a Administração exonera no final do exercício todos os cargos comissionados que não estão a partir daí em atividade, como é o caso de todos os diretores das escolas, readmitindo no início das aulas do exercício seguinte.

Ressaltamos, por oportuno, que a prefeitura realizou concurso público nesta gestão e todos os casos cê contrato por excepcional interesse público estão amparados pela Constituição, ou seja , vagas que não foram atendidas pelo concurso e que mesmo assim realizamos o devido processo seletivo. Como não bastasse tomamos a iniciativa de diminuir em R$ 3.000,00 ( três mil reais) o salário de prefeito e de 1.500,00 ( um mil e quinhentos reais) o salário do vice-prefeito, salários estes definidos por lei na gestão anterior.

Pela importância deste Portal de notícias e com objetivo de esclarecer os fatos é que solicitamos a divulgação destes dados , tudo em nome da verdade.

Atenciosamente,
Hildon Régis Navarro Filho
Prefeito Constitucional

Alexandre Freire – MaisPB

MaisTV

João Dória revela estratégias para convencer tucanos da Paraíba

- 22/10/2021

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas