João Pessoa, 11 de fevereiro de 2016 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
Clássico Emoção

Schülle aponta falta de tranquilidade do Bota em clássico

Comentários:
publicado em 11/02/2016 às 00h08
atualizado em 10/02/2016 às 21h14
A- A+

Se em clássico um detalhe faz a diferença, o Botafogo-PB ficou devendo em tranquilidade. Pelo menos foi o que apontou o técnico Itamar Schülle ainda no gramado do estádio Amigão, após o empate com o Campinense em 1 a 1.

Leia tambémDiá vê Bota-PB defensivo e destaca 2º tempo do Campinense

“Tivemos jogadas em que seis jogadores nossos estavam na área, na bola parada, e conseguimos jogar a bola no segundo pau para ninguém. Precisamos ter mais tranquilidade, é o que eu passo para os atletas. Tranquilidade, calma.. isso define um jogo. Mas o grupo está de parabéns pelo segundo tempo que fez”, frisou Schülle.

Já o capitão da equipe, o zagueiro Plínio, viu como positivo o ponto conquistado em Campina Grande.

“Resultado bom. Saímos atrás logo no começo do jogo e a equipe teve tranquilidade, experiência para buscar o placar. O gol sofrido foi uma desatenção na bola quebrada, estávamos buscando orientar e tivemos uma desatenção. Mas isso é coisa para consertarmos para o próximo jogo”, disse na saída de campo.

O Botafogo-PB foca agora suas atenções no Sport Recife, adversário de domingo (14), no Almeidão, na estreia da Copa do Nordeste.

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!