João Pessoa, 18 de novembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
NOS EUA

Brasileiro que teve crânio atravessado por vergalhão é alvo de estudos

Comentários:
publicado em 19/05/2014 às 06h17

Um brasileiro está sendo estudado por cientistas americanos. Ele teve a cabeça atravessada por um vergalhão e agora pode ajudar a ciência a desvendar mistérios do cérebro.

“Aconteceu há dois anos atrás, eu estava trabalhando”, conta Eduardo.

O vergalhão entrou pelo alto da cabeça e atravessou a região entre os olhos, atingindo a área frontal do cérebro.

Eduardo estava agachado usando capacete quando foi atingido pelo vergalhão. A barra de ferro caiu de uma altura de 15 metros e tinha dois metros e meio de comprimento.

“Cortaram o ferro, diminuíram o tamanho e me levaram para o hospital. Em momento nenhum eu desmaiei, fiquei o tempo inteiro conversando”, conta.
E esse foi o primeiro espanto dos médicos, que se perguntavam: como é possível ele estar vivo?

Depois constataram que Eduardo tinha perdido boa parte da massa encefálica. Uma área responsável pelas funções associadas ao comportamento. E as expectativas na época, não eram nada boas.

“Ele pode vir a apresentar uma "liberação" do humor, ou seja, ficar mais engraçado do que ele era habitualmente, ele pode também ter alterações depressivas, ele pode ter uma dificuldade de planejar o seu futuro, de relacionamento com a família, com os amigos”, disse o médico Rui, em 2012.

G1

Leia Também