João Pessoa, 03 de maio de 2012 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
NESTA QUARTA

Focco elege novo coordenador para exercício 2012

Comentários:
publicado em 03/05/2012 às 15h57
A- A+

Os órgãos integrantes do Fórum Paraibano de Combate à Corrupção (Focco/PB) elegeram na quarta-feira (2), a coordenação do movimento para o exercício de 2012. A eleição ocorreu em reunião plenária realizada na sede da Procuradoria da República em João Pessoa.

Como coordenador executivo, foi eleito Alberto Oliveira da Silva, chefe da Controladoria Geral da União na Paraíba, e na Coordenação Adjunta, representantes do Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual e Tribunal de Contas da União. Conforme o regimento interno do Focco/PB, a coordenação tem mandato de um ano prorrogável por mais um.

O coordenador eleito Alberto Silva, afirmou ser importante a continuidade das ações empreendidas pelo seu antecessor, o procurador da República Victor Carvalho Veggi, em razão dos resultados alcançados até o momento pelo Focco/PB. “Também será nossa prioridade manter a exitosa interação entre os representantes dos diversos órgãos que integram o Fórum”, ressaltou.

Eleições 2012 – Ainda segundo Alberto Silva, no acompanhamento do processo eleitoral deverá ser buscado também pelo Focco/PB, um maior dialogo com a sociedade paraibana, visando estimular a prática da cidadania através do voto consciente, bandeira de campanhas anteriores na Paraíba. “Para tanto, o diálogo com o procurador regional eleitoral e o procurador-geral de Justiça será imprescindível para o êxito das ações a serem empreendidas”, destacou.

WorkFocco – O novo coordenador executivo destacou a parceria com a imprensa como aliada nas ações que o Fórum desenvolve e informou que, dentre as atividades previstas na pauta do movimento para 2012, está a realização de mais edições do WorkFocco. “Já estamos preparando a próxima edição do evento na capital. Também temos recebido solicitações para levar o WorkFocco ao interior do estado, o que demonstra a importância dessa ação”. Conforme Alberto Silva, as novas edições do evento terão uma parte dedicada à nova lei de acesso a informações públicas (Lei nº 12.527/2011), que entra em vigor a partir do dia 16 deste mês.

O Focco/PB congrega representantes de vários órgãos que atuam na defesa do Patrimônio Público como integrantes e colaboradores (CGU, MPF, MPPB, TCU, AGU, TCE, CGE, Receita Federal, CEF, Banco do Brasil, dentre outros) e terá, em 2012, uma atuação voltada para o monitoramento e acompanhamento dos recursos públicos, visando coibir o uso indevido dessas verbas, especialmente neste ano pela ocorrência do pleito eleitoral municipal.

Assessoria

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!