João Pessoa, 09 de maio de 2012 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
MESMA MOEDA

Cresce o número de espanhóis barrados na imigração brasileira

Comentários:
publicado em 09/05/2012 às 16h40
A- A+

 O número de espanhóis impedidos de entrar no Brasil nos quatro primeiros meses deste ano já corresponde a quase 70% do total registrado em 2011. Entre 1º de janeiro a 30 de abril de 2012, 83 turistas espanhóis foram barrados no país, enquanto em todo o ano passado, 120 foram barrados.
Apenas no mês de abril, quando o Brasil passou a fazer novas exigências a visitantes da Espanha, 31 foram barrados, número correspondente a 60% do total registrado no primeiro trimestre deste ano: 52.

A PF divulgou apenas o número total de espanhóis impedidos de entrar no país anualmente até 2011, desta forma, não é possível fazer uma comparação com dados mensais de anos anteriores. Em 2009, foram barrados 59 espanhóis que tentaram entrar no Brasil; em 2010, o número passou para 61 e, em 2011, chegou a 120.

A assessoria de imprensa da Polícia Federal não soube dizer qual das exigências foi a mais descumprida pelos turistas, apenas que o número de impedimentos no mês de abril eram resultado "da falta de cumprimento do conjunto de regras".

Desde 2 de abril deste ano, os espanhóis que desembarcam no Brasil são submetidos a uma série de novas exigências para conseguir a autorização de entrada.

A decisão foi tomada pelo governo brasileiro como medida de reciprocidade ao tratamento dispensado aos brasileiros que tentam ingressar em território Relações entre Brasil e Espanha não serão prejudicadas com exigências para espanhóis.

Pelas novas regras, o turista espanhol que vier ao Brasil deverá apresentar passaporte com validade de seis meses, passagem de ida e volta e comprovante de reserva em hotel. Caso vá se hospedar na casa de amigos ou parentes, deve mostrar uma carta-convite assinada pelo anfitrião e registrada em cartório, além de um comprovante de residência de quem vai hospedá-lo.

Além disso, terá que provar que tem recursos para se manter no país – R$ 170 diários por turista, que podem ser comprovados por cartão de crédito internacional desde que na fatura conste que o valor está dentro do limite do cartão. Antes, o turista espanhol no Brasil não precisava comprovar recursos ou dizer onde ia se hospedar.

No caso dos brasileiros, o número de barrados na Espanha vem diminuindo ano após anos. Segundo a embaixada da Espanha, em 2007 foi negada a entrada para 3.134 brasileiros (1,78% do total); para 2.842 em 2008 (1.70%); 1.994 (1,68%) em 2009. Em 2010 foram 1.831 impedidos de entrar em território espanhol, correspondente a 1,29% do total, e em 2011 mais 1.429 brasileiros (1,07%).

Uol

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!