João Pessoa, 14 de maio de 2012 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
DESENVOLVIMENTO

Ministro das Cidades defende projeto estruturantes para o Estado

Comentários:
publicado em 14/05/2012 às 09h42
A- A+

O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro (PP), cobrou durante entrevista nesta segunda-feira (14), uma maior união por parte da classe política paraibana, para que os lideres políticos do estado elenquem as principais vocações econômicas de cadeia produtiva, para que consequentemente todas as correntes políticas venham defender prioridades junto à presidenta Dilma Rousseff (PT).

Ribeiro mostrou-se preocupado com a falta de unidade na defesa de projetos estruturantes para a Paraíba. “Falamos de unidade em torno do Estado e não de unidade política, não precisamos estar na mesma postura política e sim na defesa em torno dos interesses do Estado. Por isso sempre defendi um projeto para o Estado e não um projeto de Governo, pois os Governos são passageiros e possuem prazo de validade. Qual projeto estruturante a Paraíba tem?”, indagou.

Aguinaldo salientou que se faz necessária a convergência de todas as forças políticas em torno de um projeto de Estado e defendeu a implantação de um Complexo Industrial Portuário no Litoral Sul paraibano. “Teremos não apenas um Porto e sim indústrias que irão se utilizar da logística de um Porto”, salientou.

O ministro das Cidades também destacou que ao longo dos anos a vocação econômica da Paraíba foi se modificando e hoje não existe uma ‘identidade’ quando falamos em geração de emprego e renda. “Qual é a vocação da Paraíba hoje? É esperar Pernambuco se desenvolver e pegarmos essa carona de Pernambuco ou doRio Grande do Norte?”, questionou.

Segundo Aguinaldo, a Paraíba precisa ser ‘ator’ nesse processo de desenvolvimento e toda a classe política é responsável por uma mudança de paradigma e se colocou a disposição para fazer uma interlocação com o Governo Federal.

“Quero poder comemorar com essa unidade na Paraíba em torno de projetos para o Estado e precisamos ter maturidade política e é possível a oposição contribuir com o Governo do Estado, colaborando com projetos, ações e parcerias”, concluiu. O ministro das Cidades fundamentou seu raciocínio, defendendo que todos deem as mãos na luta pelo crescimento da Paraíba.

“Peço que os prefeitos e os lideres políticos ajudem o Governo do Estado, mesmo todos sabendo que sou de uma corrente política diferente do governador, só que acho que é incompreensível para a sociedade você ter uma postura que não seja de ajuda para a Paraíba, pois a postura de terra arrasada não interessa a ninguém!”, concluiu.

Adotando um tom conciliador, Aguinaldo Ribeiro disse que a sociedade também tem sua parcela de responsabilidade e precisa de uma mobilização. “Temos hoje dois Nordestes, um rico e um pobre e a Paraíba e infelizmente a Paraíba está inserida na segunda opção! A sociedade precisa cobrar unidade da classe política!”.

MaisPB

Assessoira

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!