João Pessoa, 22 de novembro de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Thyago Henriques Madruga, possui pós-graduação em Gestão e Auditoria Pública, bacharelado em Ciências Contábeis e em Direito, atuando como docente no ensino superior, CEO da Laverdad Consultoria, Sócio da Santiago e Madruga Advogados e Conselheiro do Conselho Regional de Contabilidade – CRCPB

Eleições

Carta Aberta aos Profissionais da Contabilidade da Paraíba

Comentários:
publicado em 22/11/2021 às 09h14
A- A+

 

Nos dias 23 e 24 de novembro ocorrerão as Eleições 2021 dos Conselhos Regionais de Contabilidade – CRC em todos os estados do Brasil. O sistema de votação é conduzido pelo Conselho Federal de Contabilidade – CFC e será realizado por meio de plataforma on-line, através do site https://www.eleicaocrc.org.br, no qual consta uma série de informações importantes aos profissionais eleitores.

Na Paraíba, a Chapa 2 – Movimenta CRCPB é o resultado da fusão de todas as linhas de oposição a gestão atual do Conselho Regional de Contabilidade da Paraíba e se apresenta como única opção para transformar o CRCPB num órgão que verdadeiramente atuará representando e respeitando todos os profissionais da Contabilidade da Paraíba.

Com temática e identidade visual do Nordeste, a Chapa 2 – Movimenta CRC caminhou, do litoral ao sertão, fazendo visitas as empresas e aos profissionais da contabilidade de todo o estado paraibano, ouvindo e sentindo as angústias e dificuldades que os contadores, contadoras e profissionais da Contabilidade em geral estão sofrendo diante da omissão e descaso da atual gestão.

Em linhas gerais, esses profissionais resumem em três pontos a atuação do CRCPB nos dias atuais: 1º) Cobrar Anuidade; 2º) Aplicar Multas; 3º) Pedir voto de dois em dois anos, no período de eleição.

Os principais pontos de atuação do Conselho de Contabilidade são esquecidos e quem sofre com isso são os responsáveis por gerar as informações necessárias para a tomada de decisão de todo o setor produtivo e empresarial da Paraíba: os profissionais da Contabilidade.

Dentre os pontos que se destacam estão: a ausência da defesa das prerrogativas dos profissionais da contabilidade em todos os setores; a inexistência de cursos de capacitação e aprimoramento de forma presencial e gratuita, que pontuem dentro do programa de educação continuada do sistema CFC/CRCs; e a omissão atual em buscar melhorias quanto ao tratamento e atendimento dos contadores e contadoras junto aos diversos órgãos federais, estaduais e municipais que interagem diuturnamente com eles.

São tantas as reclamações que separamos didaticamente as principais queixas pelas regiões do Estado.

Na região metropolitana da Paraíba, a angústia maior é com a demora na liberação dos alvarás de funcionamentos das empresas, visto que, em algumas cidades, chega a demorar de 6 a 8 meses.

Na Borborema não é diferente, e se adiciona a situação deplorável que, até antes do período eleitoral, se encontrava a subsede do Conselho em Campina Grande com ausência de manutenção do teto, das paredes e até da retirada do mato na fachada, o que reflete o estilo de descaso da atual gestão.

No Brejo e do Vale do Mamanguape o que se encontra é uma triste realidade de profissionais da Contabilidade que, dentro do ditado popular, se encontram órfãos de pai, mãe e parteira, e padecem sem apoio nem atenção no exercício da profissão contábil.

No Sertão Paraibano, a situação piora significativamente, pois sofrem por um esquecimento histórico da região, como se não estivessem no mapa da Paraíba. Enfrentam diversas dificuldades, por exemplo, com a Receita Federal e suas delegacias fechadas desde a época que começou a pandemia. E no âmbito estadual, por exemplo, com a coletoria de Itaporanga sem servidores suficientes para a demanda da região (24 municípios).

Os membros da Chapa 2 – Movimenta CRC, através de seu representante, já entraram em contato com Hamilton Sobral, delegado da Receita Federal do Brasil na Paraíba e com Marialvo Laureano, Secretário Estadual da Fazenda, e ambos se comprometeram em apurar e resolver as demandas em um curto espaço de tempo.

Esse é um resumo da situação lastimável que se encontra os profissionais da Contabilidade da Paraíba, que se sentem enganados com a velha política de pão e circo em época de campanha, onde, de forma mágica, tudo acontece: eventos, cursos, convenções e “atenção”; todavia, após esse o período, voltam à realidade do esquecimento por parte do CRCPB. A única coisa que segura o atual o conselho é a atuação valorosa, responsável e aguerrida dos servidores efetivos do órgão, que, independente de gestão, sempre lutaram pelos profissionais da Contabilidade da Paraíba.

A omissão é tão grande e naturalizada que nem resposta quanto ao convite da Chapa 2 – Movimenta CRC para um debate com a Chapa da atual gestão foi sequer respondido, mostrando o desleixo em elevar o nível da campanha e o devido respeito com os profissionais da Contabilidade em oportunizar a explanação de propostas e seu modelo de gestão.

A chapa de oposição é composta por 17 integrantes, sendo 3 pessoas que já atuam como conselheiros e 14 que estão colocando seus nomes pela primeira vez no processo. Coordenando a Chapa e candidato a Presidente do CRCPB está esse colunista, contador, Prof. Thyago Henriques, que vem, junto com o Ex-Presidente do CRC e atual Conselheiro Federal de Contabilidade, contador Garibaldi Dantas, propor a mudança dessa realidade nefasta para um tempo de esperança e ações concretas em prol de todos os profissionais da Contabilidade da Paraíba.

Junte-se a oposição para mudar o Conselho Regional da Paraíba. É uma campanha que lembra muito a luta de Davi contra Golias, onde a situação se utiliza de forma oportuna e descarada do uso da máquina pública e de entidades da categoria, fazendo de tudo para ganhar, e a oposição vem num trabalho de formiguinha, conquistando voto a voto, escritório a escritório, cidade a cidade. O fim dessa história já é conhecido, com a vitória do pequeno Davi.

Acreditamos que, com o seu apoio bravo e essencial Profissional da Contabilidade, e com o seu voto, iremos vencer essa batalha e restaurar a época em que o Conselho da Paraíba era exemplo para todo o país, realizando eventos com o Fórum Nacional dos SPEDs, os Quintas do Conhecimento com os profissionais, e os Sábados do Saber com a classe acadêmica.

Conheçam as propostas da Chapa 2 – Movimenta CRC no link: https://linklist.bio/movimentacrc   

Segue abaixo a apresentação da Chapa 2 – Movimenta CRC, em forma de cordel:

Deixa eu me Apresentar

Somos todos nordestinos, filhos da Paraíba,

Contadores aguerridos, contadoras atrevidas.

Profissionais da Contabilidade,

Que gostam da verdade e abominam a mentira.

Queremos movimento, virados na cilibrina

E não um CRC parado e acanhado, esvaído de ação e vida.

Nas empresas privadas, fazendo auditoria,

A perícia está rolando com toda a maestria.

Administração Pública controlando,

E as indústrias contabilizando.

No terceiro setor e no ensino superior,

Somos fortes e presentes, sim sinhô!

Não se pode chamar de novo, aquilo que tá desgastado

Não se vende gato por lebre, os contadores não são abestados.

Somos chapa quente, somos a chapa 2

Um conselho diferente, melhor que feijão com arroz.

De todas as bandeiras, formamos o coletivo

Com propostas e honestidade, seguindo o melhor estilo.

Movimenta CRCPB é o meu nome, viemos para matar a fome.

De justiça e igualdade, capacitação e diversidade.

Defesas das prerrogativas do profissional da contabilidade.

Somos oposição ao velho e ao estagnado, união dos esquecidos e abandonados.

Não de 2 em 2 anos por conta da eleição,

Estaremos no dia a dia defendendo nossa profissão.

Chegou a hora da mudança,

Vamos virar esse jogo.

Com humildade e persistência,

Respeitando as diferenças.

Um conselho da sua gente, um conselho do povo.

Queremos um CRC atuante de novo.

 

 

* Os textos dos colunistas e blogueiros não refletem, necessariamente, a opinião do Portal MaisPB

MaisTV

Clientes aproveitam descontos da Black Friday em João Pessoa

Promoções - 26/11/2021

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas