João Pessoa, 24 de agosto de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
eleição em gado bravo

PF investiga uso de dinheiro público em campanha

Comentários:
publicado em 24/08/2021 às 10h53
atualizado em 24/08/2021 às 13h23
A- A+

A Polícia Federal cumpriu dois mandados de busca e apreensão na manhã desta terça-feira (24) para apurar o uso indevido de recursos públicos para custear despesas de campanha, relacionados às eleições suplementares a serem realizadas em Gado Bravo, no próximo dia 12 de setembro de 2021.

Os mandados foram cumpridos na Prefeitura Municipal de Gado Bravo e em uma empresa de comunicação com sede em Campina Grande. A ação foi determinada pelo a 049ª Zona Eleitoral de Queimadas e visa colher provas de possíveis crimes envolvendo abuso de poder econômico.

A decisão da nova eleição foi tomada pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) após o impedimento do prefeito eleito Evandro (Cidadania), no ano passado, que não chegou a assumir o cargo por impedimentos jurídicos.

Atualmente, o município é gerido pelo presidente da Câmara de Vereadores, Marcelo Paulino (PL). A reportagem entrou em contato com o vereador, mas não conseguiu retorno.

Em nota, a empresa Top Mídia, alvo da Operação, disse que colabora com as investigações.

A agência Top Mídia vem à público esclarecer que na manhã desta terça-feira (24) atendeu a um mandado de busca e apreensão da Polícia Federal, que realiza operação de investigação na Prefeitura de Gado Bravo.

A empresa não teve nenhum bem apreendido e colaborou com as investigações entregando os contratos e notas fiscais por serviços prestados à Prefeitura, para o devido esclarecimento dos fatos.

MaisPB

MaisTV

Polícia investiga homicídio de gêmeos e bebê na PB

EM ITABAIANA - 08/12/2021

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas