João Pessoa, 16 de abril de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
ações em saúde

Queiroga e Cícero assinam protocolo de investimentos

Comentários:
publicado em 16/04/2021 às 19h45
atualizado em 17/04/2021 às 05h47
A- A+

O prefeito Cícero Lucena e o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, assinaram, na tarde desta sexta-feira (16), um protocolo de intenções entre a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) e o Hospital Universitário Lauro Wanderley, da UFPB, para a realização de procedimentos de alta complexidade em saúde, no valor de R$ 11 milhões. O gestor acompanhou o ministro em extensa agenda de visita a hospitais durante toda a tarde.

O prefeito destacou a importância deste trabalho em conjunto e agradeceu ao ministro e ao reitor da UFPB pela parceria. “Devemos estar preparados para oferecer este tratamento de alta complexidade e foi importante o apoio do ministro. Com certeza ele tem um olhar para as nossas demandas que vai fazer a diferença na vida das pessoas”, declarou. Entre os procedimentos previstos estão o de cardiologia intervencionista, além do primeiro serviço de hemodiálise totalmente público.

Cícero, que esteve acompanhado pelo vice-prefeito Leo Bezerra, ainda destacou o trabalho da gestão municipal no enfrentamento à Covid-19. “Temos cumprido nosso papel. Sabemos que temos que ter a capacidade e a visão clara para enfrentar questões emergenciais sem deixar de pensar no futuro. Cuidar da pandemia e do pós”, declarou.

O ministro Marcelo Queiroga destacou a ampliação de recursos para o HU voltados à realização de procedimentos de alta complexidade. Ele ainda destacou o momento complexo em que assumiu o Ministério, em meio à pandemia.

“Temos nos empenhado muito em oferecer a estrutura necessária para estados e municípios. Um grande desafio é a campanha de vacinação. Estamos trabalhando para agilizar a produção nacional, buscar insumos no mercado internacional e na compra de vacinas prontas. Serão 15,5 milhões de doses nos próximos meses”, destacou.

O reitor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Valdinei Gouveia, falou sobre o grande potencial da universidade. “Limitar o HU à média complexidade é jogar fora um potencial tremendo e deixar de responder às demandas da sociedade. Com essa ação o prefeito Cícero Lucena e o ministro Marcelo Queiroga vão potencializar o papel social da UFPB”, declarou.

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!