João Pessoa, 22 de fevereiro de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
covid-19 em alta

Grande João Pessoa terá toque de recolher, orla fechada e outras medidas

Comentários:
publicado em 22/02/2021 às 12h27
atualizado em 22/02/2021 às 16h14
A- A+

O governador João Azevêdo (Cidadania) e o prefeito Cícero Lucena (Progressistas) decidiram, nesta segunda-feira (22), ampliar as medidas para evitar a disseminação do novo coronavírus na Região Metropolitana de João Pessoa. Os detalhes das ações serão divulgados em um decreto que será publicado nesta terça-feira (23).

Dentre as medidas definidas estão toque de recolher, fechamento da orla e adiamento do retorno das aulas presenciais das instituições que ainda não retomaram as atividades escolares.

Há uma tendência para que as celebrações religiosas aconteçam sem a presença de fiéis nos templos e os bares funcionem de forma restritiva.

+ Arquidiocese suspende missas com presença de fiéis

Segundo João Azevêdo, a intenção do toque de recolher é evitar que as pessoas circulem nas ruas sem necessidade. A fiscalização será feita por parte das forças de segurança. A previsão é que essas medidas tenham validade de pelo menos de 15 dias.

“Esse decreto vai permitir que durante 15 dias tenhamos a redução da mobilidade urbana e humana em determinados locais. O que nós queremos é fazer com que a contaminação durante esse período seja reduzida e tenhamos uma redução de casos. Imaginar lockdown nesse país é impossível, porque é preciso que todos os níveis de governo entendessem a necessidade. Queremos medidas restritivas e ampliação de leitos para que a gente possa baixar os números da contaminação, agora se tudo isso não funcionar vamos endurecer a cada 15 dias”, afirmou João Azevêdo.

Hoje, está marcada uma reunião com os prefeitos da Grande João Pessoa para discutir a uniformidade das decisões. Para Cícero, não adianta apenas a cidade central adotar as medidas e não haver convergência entre as gestões vizinhas.

Lucena anunciou, também, a ampliação do serviço remoto na Prefeitura de João Pessoa, exceto com serviços essenciais como limpeza urbana.

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!