João Pessoa, 14 de fevereiro de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
luto na imprensa

Jornalista Otinaldo Lourenço morre em JP

Comentários:
publicado em 14/02/2021 às 08h16
atualizado em 14/02/2021 às 11h21
A- A+

Faleceu na noite desse sábado (13), aos 86 anos, o jornalista e radialista Otinaldo Lourenço, vítima da Covid-19. Ele estava internado desde o início do mês no Hospital Memorial São Francisco, após ser diagnosticado com a doença. Além de jornalista, Otinaldo era advogado e  considerado figura muito importante na memória do rádio paraibano.

Ele implantou o jornalismo e o setor de esportes da rádio Tabajara. Entre os anos 1950 e 1970, Otinaldo Lourenço provocou uma verdadeira revolução no rádio paraibano com uma nova maneira de se fazer jornalismo neste veículo, mais precisamente na Rádio Arapuan, a qual comandou por vários anos. Entre os programas que criou, estão Mesa de Redação, Jornal Sensacional, Antena Política, Dramas e Comédias da Cidade e Plantão Arapuan.

Em nota, o governador João Azevêdo lamentou a morte de Otinaldo e expressou sua solidariedade aos familiares e amigos. “Cuja perda deixará uma lacuna no meio jornalístico e radiofônico da Paraíba”, disse.

Também em nota, a Associação Paraibana de Imprensa citou Otinaldo como um ícone do radialismo.

Veja a nota:

A diretoria da Associação Paraibana de Imprensa (API), ainda pranteada com o recente falecimento do jornalista Martinho Moreira Franco, vem de público externar sua comoção com a notícia da morte do jornalista Otinaldo Lourenço, ocorrido neste sábado, 13, vítima de Covid-19.

Ao tempo em que emite as mais sinceras condolências aos familiares e amigos de Otinaldo, a API exalta a personalidade de um ícone do radiojornalismo paraibano que ao longo de sua atividade profissional inovou e qualificou os programas radiofônicos das emissoras em que atuou, especialmente nas décadas de 50 e 70. Não por menos, sua história de vida se confunde com a história da radiofonia em nosso estado.

Que o talento, a obstinação, a dedicação e o amor ao rádio e ao bom jornalismo que Otinaldo Lourenço exerceu em toda sua existência, sirvam de exemplo para as futuras gerações.

A Diretoria

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!