João Pessoa, 21 de janeiro de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
BREJO DO CRUZ

Prefeito recua de decreto que previa sacrifício animal

Comentários:
publicado em 21/01/2021 às 17h06
atualizado em 21/01/2021 às 19h31
A- A+

O prefeito de Brejo do Cruz, Tales Torricelli, informou ao Portal MaisPB, na tarde desta quinta-feira (21), revogará o decreto que prevê o sacrifício de animais abandonados no município.

“Vamos revogar em breve e emitir um novo após dialogar com as entidades judiciais e protetoras dos animais pra tomarmos a melhor solução pra resolver o problema dos animais de rua que estão pondo em risco as vidas das pessoas”, disse.

O gestor garantiu que “seguirá a lei e que nenhum animal foi sacrificado ou será”.

O que dizia o decreto 

De acordo com o decreto, estava proibida a permanência de animais de pequeno, médio e grande porte soltos nas ruas ou locais públicos onde há circulação de pessoas. A medida se encaixava para gatos, cachorros, porcos, bodes, cabras, bois, vacas, cavalos e outros.

Os bichos que fossem encontrados nessa situação seriam apreendidos, ficando à disposição dos proprietários ou de representantes legais.

Por determinação do prefeito, o animal que tivesse sido apreendido teria sete dias para ser resgatado e caso isso não ocorra poderia ser morto, leiloado ou doado, a critério da autoridade sanitária municipal.

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!