João Pessoa, 15 de janeiro de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
ENTREVISTA

Ao Hora H, médica de Manaus alerta: ‘assustador’

Comentários:
publicado em 15/01/2021 às 18h53
atualizado em 16/01/2021 às 05h21
A- A+
Foto: Junio Matos

“Tenham cuidados, é assustador”. O alerta é de uma médica que trabalha no enfrentamento à pandemia da covid-19 em Manaus, capital brasileira que vive um caos na saúde com a falta de oxigênio nos hospitais. Pacientes estão sendo transferidos para outros estados, como a Paraíba.

Em entrevista ao Hora H, da Rede Mais Rádio, a médica obstetra Daniella Fonseca fez um apelo a população de outras regiões, como o Nordeste. (ouça no fim) 

“Não achem que é brincadeira, é assustador, se programem para uma segunda onda, principalmente o Nordeste, a segunda onda veio mais agressiva, o comprometimento pulmonar é mais grave e as pessoas ficam muito mais tempo internada”, disse.

Daniella conta que, em apenas um hospital, o Getúlio Vargas, três pessoas morreram por falta de oxigênio na quinta-feira (14).

“É uma catástrofe anunciada. O governo não se preparou. Você tem que dividir uma bala de oxigênio para cinco pacientes. Isso é desumano”.

“Não houve o devido cuidado para se planejar para estas situações, o nosso estado é isolado do resto do país, estamos desde setembro alertando para o aumento dos números de casos, com a festa de fim de ano, eleições, piorou, os hospitais colapsaram, não há lugar para ninguém, nem em hospital público, nem privado”, desabafou.

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!