João Pessoa, 30 de junho de 2020 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
HORA H

Secretário tira dúvidas sobre prorrogação de auxílio

Comentários:
publicado em 30/06/2020 às 19h01
atualizado em 01/07/2020 às 05h05
A- A+

O paraibano Sergio Queiroz, secretário Especial do Desenvolvimento Social do governo Bolsonaro, disse ao Hora H, da Rede Mais de Rádio, que o governo federal disponibilizará nos próximos dias uma ferramenta de contestação para pessoas que tiveram o auxílio emergencial de R$ 600 negado.

Queiroz minimizou as inconsistências do programa, em análise pela equipe técnica do governo, e afirmou que o socorro está chegando em metade da população brasileira.

“É sem dúvida alguma coisa a maior ação social e de apoio a população já vista no globo terrestre em termos de quantidade de pessoas alcançadas em tempo de recordes”, disse.

Segundo Queiroz, 32% dos recursos foi direcionado para região Nordeste. Nesta terça-feira (30), o presidente Jair Bolsonaro assinou a prorrogação do auxílio de 600 reais por mais dois meses.

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!