João Pessoa, 21 de janeiro de 2013 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
EXCLUSIVO

QUEDA DE PRÉDIO: Indícios apontam que morte de médico foi suicídio

Comentários:
publicado em 21/01/2013 às 16h00
A- A+

Indícios apontam que a queda do médico Allisson Pereira da Paz, de 62 anos, de um prédio em construção no bairro do Bessa, em João Pessoa, nesta segunda (21), não se tratou de um acidente, mas, sim, de um suicídio.

De acordo com informações repassadas a redação do MaisPB, diferente das notícias anteriores que davam contam que o psiquiatra tinha se desequilibrado, as investigações preliminares  mostram que o psiquiatra se jogou por uma janela da construção, próximo ao que ele tinha comprado um imóvel. 

De acordo com pessoas responsáveis pela obra, o médico chegou ao local bem trajado pedindo para dar uma olhada nos apartamentos. A perícia feita no prédio encontrou no 14º apartamento  a cadeira que foi levada pelo homem e, em cima da mesma, tijolos que teriam sido utilizados para dar mais altura, dando  acesso à janela. Os sapatos do médico também estavam no local.

Outros indícios que apontam para o suicídio foi o fato do homem estar passando por problemsa de depressão ‘aguda’, como informou parentes da vítima à Polícia.

Diante desses fatos, à Policia não chegou a intimar ninguém sobre o fato, apenas o engenheiro da obra para prestar esclarecimentos.

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!