João Pessoa, 21 de fevereiro de 2020 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
conselho de ética

Corregedoria da Câmara notifica Santiago

Comentários:
publicado em 21/02/2020 às 10h31
atualizado em 21/02/2020 às 09h21
A- A+
Deputado federal Wilson Santiago - Foto: João Ricardo/PTB

O deputado federal Wilson Santiago (PTB) terá que apresentar até a próxima quinta-feira (27) defesa no processo que pede sua cassação no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados. Wilson Santiago foi um dos alvos da Polícia Federal na operação ‘Pés de Barro’, que investigou desvio de recursos públicos que deveriam ser empregados na construção de uma adutora no município de Uiraúna, Sertão da Paraíba.

Ao Portal MaisPB, o corregedor da Câmara, deputado Paulo Bengtson, explicou que o paraibano foi notificado na segunda-feira e, regimentalmente, tem um prazo de cinco dias úteis, a partir da notificação, para apresentar sua defesa.

Santiago chegou a ser afastado do mandato pelo Supremo Tribunal Federal (STF), mas retornou ao exercício da atividade parlamentar após a Câmara derrubar, por maioria dos votos, a decisão judicial. Foram 170 votos a favor do afastamento, quando eram necessários pelo menos 257.

MaisPB