João Pessoa, 20 de fevereiro de 2020 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
viaturas

Coronel atribui a infiltrados furos em pneus

Comentários:
publicado em 20/02/2020 às 09h50
atualizado em 20/02/2020 às 11h47
A- A+

O presidente da Caixa Beneficente da Polícia Militar, coronel Sobreira, atribuiu a “infiltrados” entre os manifestantes das Forças de Segurança que reivindicam melhorias salariais na Paraíba, a realização de piquete na frente do Esporte Clube Cabo Branco, na noite dessa quarta-feira (19) para impedir a saída dos policiais que iriam trabalhar durante a saída do bloco Muriçocas de Miramar, esvaziamento de pneus das viaturas, e até do trio do cantor Alceu Valença.

“Nós sabemos como o movimento começa, mas não temos controle sobre como ele termina. Há muitos infiltrados e eles podem surgir. Quem tem controle? Vimos o que aconteceu ontem em Sobral. Aquilo não foi programado. Mas, as coisas vão evoluindo e quem está à frente tem certo controle, mas há pessoas que se infiltram e as coisas vão acontecendo”, disse Sobreira em entrevista à Rádio Jovem Pan, em João Pessoa.

Na manhã desta quinta-feira (20) representantes das entidades que compõem o Fórum de Segurança deverão analisar a decretação de ilegalidade dos movimentos paredistas pelo desembargador Leandro dos Santos. De acordo com coronel Sobreira, será realizada uma reunião com o setor jurídico para avaliar os efeitos da decisão da Justiça.

MaisPB