João Pessoa, 08 de janeiro de 2020 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
MAISTV

Entrevista: Zezinho fala do retorno à Câmara de JP

Comentários:
publicado em 08/01/2020 às 09h00
atualizado em 08/01/2020 às 07h35
A- A+

De volta à Câmara Municipal de João Pessoa após três anos afastado do Parlamento, o vereador Zezinho Botafogo (PSB) falou, na noite dessa terça-feira (7), da vida pública e sobre sua situação no PSB após rompimento político entre o governador João Azevêdo (sem partido) e o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB). Decidido a deixar o partido para seguir Azevêdo, o parlamentar afirmou não querer a pecha de “vira-casaca”.

“Estive sempre na base do PSB, convivendo com João e Ricardo. Diferente de  vários políticos que se afastaram e voltaram a se unir, eu sempre mantive uma linha de coerência, de continuar firme nos projetos que a gente se submete. No PSB não saiu nenhum vereador, mas  está na eminência de sair, como é o meu caso”, destacou em entrevista à MaisTV, canal de vídeo do Portal MaisPB.

Considerando se tratar de um ano atípico por causa das eleições municipais, Zezinho avaliou que o governador João Azevêdo acertou ao convocar o vereador Tibério Limeira para a Secretaria de Desenvolvimento Humano. Para ele, a mexida fará bem para a gestão estadual.

“Acho que chegou em boa hora. Tibério vinha desempenhando um bom trabalho na Câmara de João Pessoa e com a competência dele ganha também o Governo do Estado”, afirmou.

Ainda durante a entrevista, o parlamentar, investigado na ‘Operação Cartola’, se defendeu. A ação apura crimes relacionados à manipulação de súmula de resultados de jogos de futebol na Paraíba.

“Eu posso afirmar que passei por uma operação pente fino. Não tenho bens, fortunas e nem com o que me preocupar. Ando de cabeça erguida. Se tivesse desvios, você acha que eu não estaria preso. Eu tive a oportunidade de falar pela primeira vez de uma coisa que está em andamento. A Justiça vai ser feita”, argumentou o socialista.

Assista:

Roberto Targino e Wallison Bezerra – MaisPB

MaisTV

Família quer júri popular e pena máxima para acusado de matar Patrícia

AUDIÊNCIA DE INSTRUÇÃO - 24/09/2021

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas