João Pessoa, 05 de dezembro de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
RACHA NO PSB

‘Envenenaram o ex-governador’, diz Azevêdo

Comentários:
publicado em 05/12/2019 às 17h11
atualizado em 05/12/2019 às 19h15
Governador João Azevêdo - Foto: Secom-PB

O governador João Azevêdo (sem partido) disse nesta quinta-feira (5) que a crise no Partido Socialista Brasileiro (PSB) aconteceu porque pessoas teriam envenenado o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB). A declaração acontece dois dias após o gestor anunciar a desfiliação da sigla.

“Não dei um único motivo sequer para criar uma crise no partido, entretanto, pessoas envenenaram o ex-governador Ricardo Coutinho no sentindo de ele achar que não teria legenda para disputar agora em 2020, e fizeram com que uma armação muito grande se tomasse e dissolvesse o diretório do PSB”, afirmou João.

Na segunda-feira (2), Ricardo fez críticas ao estilo do ex-aliado, reclamou das demissões de militantes no governo e minimizou a capacidade João Azevêdo.  “Não seria eleito nem para vereador”, disparou.

Os efeitos do rompimento estão sendo sentidos desde o anúncio da desfiliação, prefeitos e secretários também deixaram a sigla para acompanhar o gestor.

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também