João Pessoa, 10 de outubro de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
crise no partido

Deputado estadual ameaça deixar PSL

Comentários:
publicado em 10/10/2019 às 10h27
atualizado em 10/10/2019 às 12h37
Deputado estadual Gilberto Silva

Único deputado do PSL na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Cabo Gilberto Silva, ameaçou nesta quinta-feira (10), deixar o partido caso o presidente da República, Jair Bolsonaro, saia da sigla.

A insatisfação de Bolsonaro com a legenda pela qual se elegeu vem em uma crescente e foi tornada pública na última terça-feira (8), quando afirmou a um apoiador, na saída do Palácio da Alvorada: “Esqueça o PSL”. Na oportunidade, disse que o presidente da legenda, o deputado federal Luciano Bivar (PE), “está queimado pra caramba”.

“Se o presidente Bolsonaro sair, não tenho nada contra quem quer seja, mas obviamente irei acompanhar o destino do presidente da República”, disse Gilberto Silva, que revelou nunca ter sido chamado para uma reunião interna do partido no estado. Na Paraíba o PSL é comandado pelo deputado federal Julian Lemos.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, Bolsonaro já comunicou a aliados que estar decidido a deixar o PSL, mas busca uma saída jurídica para desembarcar do partido. O recado foi dado por ele a deputados e advogados em reunião na tarde desta quarta-feira (9), no Palácio do Planalto. O PSL enfrenta uma crise desde que foi atingido por suspeitas de candidaturas de laranjas e que já resultou na queda do ex-chefe da Secretaria-Geral, Gustavo Bebianno.

O escândalo de candidatas femininas de fachada atinge o ministro do Turismo de Bolsonaro, Marcelo Álvaro Antônio, e o deputado Luciano Bivar. Álvaro Antônio foi alvo de denúncia pelo Ministério Público Federal na última sexta-feira (4)

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também