João Pessoa, 30 de setembro de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
"fuxiqueiro"

Galdino responsabiliza Maia por crise no PSB

Comentários:
publicado em 30/09/2019 às 09h55
atualizado em 30/09/2019 às 09h09
A- A+
Maia é apontado como provocador de crise do PSB - Foto: Roberto Targino

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba Adriano Galdino (PSB) responsabilizou, nesta segunda-feira (30), o deputado federal Gervásio Maia (PSB) pelo racha no PSB que causou distanciamento entre o governador João Azevêdo (PSB) e o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB).

Em entrevista a Rádio Cultura de Guarabira, o socialista afirmou que Gervásio teria provocado a crise no partido porque estaria descontente porque o governador João Azevêdo por falta de espaços na gestão estadual.

“Quem mais fez e que mais colocou coisas na cabeça e no ouvido de Ricardo foi o deputado Gervásio Maia. Ele foi o que mais fez fuxico porque queria espaços no governo. O deputado perdeu espaços na Assembleia e queria ser compensado na gestão de João, mas o governador  não aceitou e ficou jogando no ouvido de Ricardo”, afirmou.

Essa não é primeira vez que um socialista de destaque dentro da legenda acusa o ex-presidente da Assembleia Legislativa por desunião no grupo girassol. Recentemente, também em entrevista a Rádio Cultura, o ex-líder do governo na Assembleia, Hervázio Bezerra, revelou bastidores das eleições 2018 e garantiu que Maia era o nome cotado para disputar o Palácio da Redenção mais foi preterido por João Azevêdo após desagradar Ricardo Coutinho e os parlamentares alinhados com medidas tomadas na Casa.

Durante a entrevista, ele minimizou a atuação das deputadas Estela Bezerra (PSB) e Cida Ramos (PSB) pela divisão na legenda socialista.

“Tem um grupo de pessoas azucrinando o ouvido de Ricardo. Levando fuxico, fofoca e colocando Ricardo contra João. Isso foi fundamental para esse distanciamento de João com Ricardo e o ex-governador começou a tomar as dores. Outro dia o deputado Ricardo Barbosa disse que foram as deputadas Cida e Estela as  responsáveis por esse rompimento. Não foram de forma direta não”,  alegou.

Roberto Targino – MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!