João Pessoa, 12 de junho de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
educação

TRF1 mantém corte em universidades

Comentários:
publicado em 12/06/2019 às 18h56
atualizado em 13/06/2019 às 07h34

O desembargador federal Carlos Moreira Alves, do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, revogou a liminar da Justiça Federal da Bahia que suspendia o bloqueio de verbas nas universidades federais.

A decisão de suspender o bloqueio de recursos foi tomada pela juíza Renata Almeida de Moura, da 7ª Vara Federal, em Salvador. A magistrada tomou a decisão em resposta à uma ação juizada pelo Diretório Central dos Estudantes da Universidade de Brasília (UnB).

O recurso da revogação foi apresentado pela Advocacia-Geral da União (AGU), no último domingo (09). De acordo com a AGU o bloqueio foi realizado em cumprimento à Lei de Responsabilidade Fiscal.

Para a AGU, o contingenciamento  de verbas não significa anulação, já que os recursos podem ser gradativamente desbloqueados de acordo com a evolução da receita.

No pedido, a AGU diz que não cabe ao Poder Judiciário a decisão “ao ignorar a sistemática das normas orçamentárias, causa grave lesão à ordem pública por um duplo fundamento: desconsidera o planejamento orçamentário do Poder Executivo Federal, subvertendo por completo a legislação aplicável; e, ao assim agir, acaba por se imiscuir em seara que não é própria da função jurisdicional típica, o que viola a Separação de Poderes”.

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também