João Pessoa, 17 de junho de 2013 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
OPINIÕES DIFERENTES

Cartaxo contradiz Manoel Jr e Milanez e afirma que PMDB compõe o Governo

Comentários:
publicado em 17/06/2013 às 13h13
A- A+

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), não concordou com a opinião do presidente da comissão provisória do PMDB municipal, Manoel Júnior e do vereador Fernando Milanez (PMDB), que afirmam que o partido não está contemplado na gestão petista na Capital. Para o prefeito, o PMDB não tem o que falar sobre esse assunto, já que está muito bem representado no grupo que comanda a administração municipal.

“Claro que o PMDB integra. Ele tem dois vereadores na Câmara que fazem parte do bloco de Situação e ainda contam com o secretário Assis Freire, que é um filiado histórico do PMDB”, destacou o prefeito, durante entrevista nesta segunda-feira (17).

Disposto a esfriar o clima de discórdia que começa a separar os ainda aliados, Cartaxo fez questão de destacar que o PT mantém uma ótima relação com o PMDB.

Opinião diferente – Apesar do ‘mar de rosas’ desenahdo pelo prefeito ao tratar da sintonia entre o seu partido e o comandando no Estado pelo ex-governador José Maranhão, não é essa a visão que impera no PMDB. Na última semana, Manoel Júnior foi categórica ao dizer que seu partido não se sente minimamente representado na gestão com a presença do peemedebista Assis Freire como secretário. “Ele é um filiado do PMDB, mas não foi indicação nossa”, ponderou o dirigente.

Já Fernando Milanez foi mais enfático e reagiu às ironias de setores do Governo Municipal que passaram ‘na cara’ do parlamentar os cargos que ele teria conseguido na gestão para os seus.

“Petista nenhum fala grosso pra mim. O PT deveria agradecer a mim. O PMDB realmente não indicou ninguém. Se for por causa de um ‘cargozinho’ de um filho meu (Milanez Neto, coordenador do Patrimônio Histórico) está à disposição do prefeito”, disparou o parlamentar.

MaisPB
 

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!