João Pessoa, 08 de março de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Administrador, pós-graduado em Planejamento Operativo, já atuou na administração pública federal, estadual e municipal. Ocupou por três mandatos o cargo de presidente do CRA-PB e de diretor do Conselho Federal de Administração. Diretor Institucional do SINTUR-JP de 1993 a 2016. Consultor em Administração, presentemente exerce as funções de presidente da APCA (Academia Paraibana de Ciência da Administração). Contato: diretorexecutivoaetc@yahoo.com.br

E agora… o Brasil começa a trabalhar?!…

Comentários:
publicado em 08/03/2019 às 10h05

Pesquisa da empresa de tecnologia e RH Pontomais, cujo resultado foi divulgado recentemente, dá conta de que mais de 50% dos funcionários (envolvendo setor público e setor privado) faltam ao trabalho na quarta feira de cinzas (ou seja, após um longo feriado, como o de carnaval). E este índice é maior que o ocorrido em relação ao pós outros feriados.

Uma outra pesquisa, esta da UniBrasil, através do MBA de Gestão Estratégica de Pessoas, indicou que trabalhadores e trabalhadoras tendem a mais faltar ao trabalho em razão de festas ou viagens!

Sem precisar de pesquisa, há uma ideia, em muita gente, de que quarta feira de cinzas ainda seja carnaval. Como a maioria das pessoassabe, a quarta feira de cinzas corresponde ao início da quaresma, ou seja, período de 40 dias que antecede à principal celebração do cristianismo: a Páscoa!

Ao que se observou pelo noticiário, o carnaval 2019 foi tão animado quanto os anteriores, apesar da crise econômica e especialmente política que o país vive. Aliás, sobretudo a crise política – melhor dizendo, o descrédito político – foi o tema que ficou em 1º lugar nas mensagens transmitidas pelos blocos, incluídas as escolas de samba. Claro que com muita crítica negativa!

No dizer brasileiro há a ideia de que “o ano só começa depois do carnaval”.Mas não é tão assim, não! O carnaval terminaria na terça feira, retomando-se o trabalho pelo menos a partir do meio dia da quarta feira de cinzas. E cabe perguntar: nas quinta e sexta feiras subsequentes, esse cumprir expediente tem sido mesmo pleno e pra valer?!…

Ainda a propósito, neste final de semana em várias cidades brasileiras acontece um reviver do carnaval com os blocos e especialmente as escolas de samba melhores classificados em novas apresentações pelas avenidas dessas festas. Tomara que este reviver, mais precisamente essas festas, não concorram para que – conforme a pesquisa acima referida – trabalhadores e trabalhadoras faltem ao trabalho da segunda feira, 11 de março. E que, agora, passado o carnaval e suas outras comemorações a ele também alusivas, o Brasil comece a trabalhar!… Especialmente, também, no setor público, com ênfase para suas Casas Legislativas.

Leia Também