João Pessoa, 08 de agosto de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
novo surto

Sobe número de mortes por vírus ebola no Congo

Comentários:
publicado em 08/08/2018 às 15h35
atualizado em 08/08/2018 às 15h38

As mortes confirmadas por ebola durante este novo surto que afeta o nordeste da República Democrática do Congo (RDC) já chegam a nove, segundo os últimos dados divulgados pelo Ministério de Saúde do país.

Este relatório, que resume a situação do ebola nas províncias do Kivu Norte e Ituri, foi atualizado em 7 de agosto e indica que ocorreram outras 27 mortes suspeitas, embora ainda não tenham sido confirmadas em laboratório.

No total, as autoridades detectaram 16 casos confirmados de contágio e 27 prováveis, enquanto investiga outros 46, informou a agência EFE.

Este surto de ebola foi declarado em 1º de agosto, apenas oito dias depois que o Ministro da Saúde, Oly Ilunga, proclamou o fim de outro surto.

No entanto, as autoridades sanitárias congolesa confirmaram que esta nova epidemia é da cepa Zaire (a mais mortal que existe) e que, portanto, não tem relação com a anterior.

Vacinas

Segundo a agência AP, três mil doses da vacina contra Ebola estão sendo enviadas de Kinshasa, a capital, e serão usadas primeiro na zona de saúde de Mabalako e na cidade vizinha de Beni, que tem mais de 680 mil pessoas.

A vacina experimental foi usada em um surto anterior não relacionado no noroeste do Congo que foi declarado no mês passado.

Os primeiros a serem vacinados são profissionais de saúde, contatos de casos confirmados de Ebola e seus contatos na chamada campanha de vacinação em anel. A estratégia é a mesma que foi usada para conter o surto anterior, com mais de 3.300 pessoas vacinadas.

G1

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também