João Pessoa, 14 de setembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
Rondônia

Vigilante mata a ex-sogra e confessa em rede social

Comentários:
publicado em 14/09/2017 às 15h19
atualizado em 14/09/2017 às 12h23
A- A+
Foto: G1

Uma dona de casa,de 63 anos, foi morta com um tiro no rosto,durante a noite da última quarta-feira (13), em frente a sua residência, em Guajará-Mirim (RO), a 330 quilômetros de Porto Velho. O ex-genro confessou o crime através de uma postagem em uma rede social.

O homem entregou-se à Polícia Civil algumas horas após o homicídio.O suspeito publicou uma postagem em seu perfil pessoal no Facebook confessando o crime. No texto, ele alega que foi traído pela ex-mulher, filha da vítima, por sete anos e que foi iludido em relação a uma suposta reconciliação que não aconteceu.

Ana Maria Carvalho Rodrigues foi morta às 19h, e, segundo testemunhas, um homem chegou ao local em uma motocicleta, sacou um revólver e atirou na vítima à queima roupa. Em seguida, acelerou a moto e fugiu.

Algumas horas após  o crime, o homem ligou para a Polícia Civil e identificou-se como Cléber Lopes da Silva, dizendo que é vigilante e que iria se entregar. Os policiais da Divisão de Homicídios foram até o local indicado pelo suspeito e fizeram a prisão em flagrante, além de apreender a arma usada na ação.

A dona de casa chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros, mas morreu ao dar entrada no pronto socorro do Hospital Regional.

Testemunhas disseram às Polícias Civil e Militar (PM) que o autor do disparo teria sido o ex-genro dela. Diante das informações, os policiais iniciaram as diligências na tentativa de localizar e prender o suspeito. A Polícia Técnico Científica (Politec) foi acionada e fez os trabalhos periciais no local do crime.

A Polícia Civil apreendeu o revólver calibre 38 com quatro munições intactas e duas deflagradas. Durante o depoimento, o suspeito revelou o crime com detalhes. Além disto, ele tentou suicidar-se, mas a arma escorreu e o disparo acabou atingindo a sua mão esquerda.

O vigilante foi conduzido para a Penitenciária Regional de Guajará-Mirim, situada na zona rural de Nova Mamoré (RO),  estando à disposição do Poder Judiciário.

Foto: G1

G1

MaisTV

Carreta tomba em curva na Serra de Santa Luzia no Sertão

vídeo - 17/09/2021

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas