João Pessoa, 13 de setembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
Abuso de menina

“Quero minha filha de volta”, diz Mãe

Comentários:
publicado em 13/09/2017 às 13h35
atualizado em 13/09/2017 às 19h26

A mãe da menina de 11 anos que engravidou após ter sido estuprada falou com exclusividade ao programa Rádio Verdade, da Rádio Arapuan, na tarde desta quarta-feira (13) e afirmou que não tinha conhecimento dos abusos sofridos por sua filha. O padrasto da criança é apontado como responsável pelo estupro e gravidez da criança, na época com 10 anos.

Ele garante que só teve conhecimento da violência sexual após os exames feitos, quando a garota já estava com cinco meses de gestação.

A promota Carmem Eleonara entrou com uma ação de suspensão familiar, solicitando a perda de guarda da mãe até que os fatos sejam esclarecidos. No momento, a garota está em uma unidade de acolhimento.

Aos prantos, a mãe desabafou. “Eu não quero perder minha filha por causa dele”.  Chamada de negligente, ela afirma:  “Eu não tenho culpa. Eu não sabia que ele queria fazer isso. Eu pensava que ele era um homem de minha confiança, eu confiei nele, ele me traiu”, disse a mulher sobre o ex-companheiro.

A criança de 11 anos deu a luz nesse sábado (9) em uma maternidade de João Pessoa. A garota foi abusada pelo seu padrasto. Após denúncia, o suspeito fugiu, e encontra-se foragido.

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também