João Pessoa, 11 de setembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
na rede social

Saúde de Patos atende pedido feito por paciente

Comentários:
publicado em 11/09/2017 às 08h38
atualizado em 11/09/2017 às 08h28
A- A+

Foi divulgado através de uma rede social, na tarde deste sábado (09), o caso de saúde da senhora Maria Ilza, residente no bairro Dona Milindra, em Patos. Assim que tomou conhecimento do caso, a equipe da Secretaria de Saúde de Patos visitou a casa da paciente para saber mais detalhes do caso.

Indo lá, a equipe descobriu que, na verdade, aquela senhora foi negligenciada por gestões anteriores e a família da paciente ainda não havia procurado as Unidades de Saúde do Município durante este ano.

A pedido do prefeito de Patos, Dinaldinho Wanderley, que, ao tomar conhecimento do caso, mobilizou a equipe da Secretaria de Saúde através da gerente da Atenção Especializada, Yanna Medeiros, e da gerente da Atenção Básica, Denisy Dantas, que foram, pessoalmente, até a residência da paciente a fim de colher todas as informações necessárias e providenciar as medidas emergenciais.

Uma nova transmissão ao vivo foi feita, desta vez, através do perfil pessoal do jornalista e assessor de comunicação da Secretaria de Saúde, Marcelo Negreiros, em que expôs, com riqueza de detalhes, a real situação vivida por aquela família; a versão da filha da paciente e as medidas que serão tomadas pela atenção básica em saúde e a atenção especializada do município.

A filha da paciente, Derlânia, confirmou que este ano ainda não havia procurado a Secretaria de Saúde do Município e avaliou como muito positiva a assistência imediata que foi prestada pela nova gestão.

“Ficamos gratos por toda a assistência e vamos ver se agora dá certo, porque antes não tínhamos assistência alguma e hoje, pelo que estou vendo, tá diferente. Tá começando a ter assistência. Ficamos muito agradecidas, pois o problema dela é sério e por onde passei, anos anteriores, as portas foram fechadas”, disse.

A gerente da Atenção Básica, Denisy Dantas, comentou sobre as medidas que serão tomadas de imediato.

“Viemos até a casa de dona Ilza para colhermos mais informações sobre o caso, na manhã deste domingo, e daremos todos os encaminhamentos possíveis e teremos o cuidado para que essa assistência seja contínua. Viemos pessoalmente para dar a nossa contribuição e afirmar que, a partir de agora, dona Ilza será acompanhada de perto não só pela assistência da atenção básica, mas diretamente por nós enquanto gestores”, afirmou a gerente.

A gerente da Atenção Especializada, Yanna Medeiros, ressaltou que a atenção será integrada e o acompanhamento da paciente será contínuo.

“Nós estaremos unidos e empenhados, equipes da atenção básica e da atenção especializada, no tratamento de dona Ilza. A partir de agora esse tratamento vai acontecer. Já amanhã [segunda-feira, (10/09)] pela manhã, uma equipe do NASF estará visitando a casa de dona Ilza, junto com equipes da Unidade Básica de Saúde, e da atenção especializada virá uma equipe de Saúde Mental, uma equipe do CER (Centro Especializado em Reabilitação), e parte da equipe do Centro de Especialidades Frei Damião para prestar toda assistência necessária”, esclareceu.

O problema de saúde da senhora Maria Ilza se trata de uma doença degenerativa, ainda não diagnosticada, e tem comprometido a sua voz e mobilidade.  O esforço da Secretaria de Saúde de Patos, a princípio, será de fazer o diagnóstico da doença para posterior tratamento e acompanhamento contínuo.

MaisPB

MaisTV

Carreta tomba em curva na Serra de Santa Luzia no Sertão

vídeo - 17/09/2021

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas