João Pessoa, 26 de agosto de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
CARAVANA NO NORDESTE

Em JP, Lula fala sobre 2018: “Terão trabalho”

Comentários:
publicado em 26/08/2017 às 22h11
atualizado em 27/08/2017 às 11h59
A- A+
Lula discursa em João Pessoa (Foto: Ricardo Stuckert)

Novo cidadão de João Pessoa, em seu discurso durante ato público no Ponto de Cem Réis, neste sábado (26), o ex-presidente Lula (PT), afirmou que não iria falar sobre a operação Lava Jato, mas fez duras críticas às investigações.

“Todo mundo é inocente até que se prove o contrário”, avaliou. O petista desafiou o Ministério Público, o “juiz” e a Polícia Federal a mostrarem qualquer valor que tenha sido recebido por ele de forma ilegal. “Caráter a gente não compra”, frisou.

Ladeado pelo governador Ricardo Coutinho e lideranças petistas na Paraíba, Lula relembrou investimentos em educação e a criação do Prouni. “Educação não gasto, é investimento que extrai conhecimento. A gente que ser exportado de conhecimento”, afirmou.

O petista iniciou sua fala agradecendo pela honraria recebida. “É um título do povo brasileiro, sem ele, eu não teria feito 1% do que fiz”, afirmou.

Antes de encerrar seu discurso, Lula lembrou que irá prestar um novo depoimento à Justiça Federal no dia 13. “Eu não sei o que vai acontecer daqui para frene nesse país. Não sei se vou continuar andando por esse país”, pontuou.

Conforme o ex-presidente, a oposição precisa impedir sua candidatura para justificar o impeachment de Dilma Rousseff.

“Não sei o que eles estão tramando, mas eles vão ter que trabalhar muito”, afirmou.

Ao final do evento está previsto um jantar do ex-presidente com o governador Ricardo Coutinho  e poucos convidados na Granja Santana.

MaisPB