João Pessoa, 04 de março de 2016 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
EM PATOS

Francisca Motta discute com enfermeiros jornada de 30h semanais

Comentários:
publicado em 04/03/2016 às 13h44
atualizado em 04/03/2016 às 11h39
A- A+

Visando dialogar sobre a implantação da jornada de 30 horas semanais de trabalho dos enfermeiros no município de Patos, a prefeita de Patos Francisca Motta juntamente com o secretário de Saúde do município, recebeu na manhã desta quinta-feira (3), o presidente do Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba (Coren-PB), enfermeiros e técnicos de enfermagem das UBS e SAMU da cidade.

Para a prefeita Francisca Motta, a jornada de 30 horas representa mais uma valorização do servidor da saúde em sua gestão.

“Ninguém tem a preocupação maior e a vontade de ajudar do que eu como prefeita, até porque tenho um olhar diferenciado para a saúde. E luto em procura de tornar essas conquistas de classe em realidade. Contudo, faremos tudo pelos meios legais e iniciaremos com uma consulta ao Ministério da Saúde, mostrando os municípios em que esta lei já está em vigor e pedindo a autorização, para que o nosso pleito tenha respaldo
legal,” revelou.

De acordo com o presidente do Coren-PB, Dr. Ronaldo Bezerra, o momento marcou a formalização do compromisso que já vem sendo firmado com a gestão e esse passo é mais um reconhecimento da categoria que está na ponta da Atenção Básica.

“A prefeita Francisca Motta é uma parceira do conselho de enfermagem, tem sempre trabalhado junto buscando melhoria e entendimento para a saúde de Patos. E o compromisso que ela firmou com a gente há dois anos atrás, esse compromisso foi assinado a viemos aqui hoje formalizar o início da reta final desta luta. O que queremos não é reduzir carga é regulamentar uma situação que algumas cidades do estado já têm. É um momento em que nós estamos felizes, pois a prefeita e o secretário de saúde estão reconhecendo o valor desta classe,”
comentou.

Após essa reunião de formalização, o próximo passo a ser dado ficará por conta do secretário de Saúde do município, José Francisco de Sousa (Zeca), que irá procurar o Ministério da Saúde para saber as implicações e o impacto que a mudança trará. Paralelo a isso também será feita uma consulta popular a através das
associações de bairro.

“Essa reunião foi para mostrar à categoria como tecnicamente a gente pode avançar em busca da realização desse sonho dos profissionais, mas também desse compromisso da prefeita. Portanto, aqui nós
estabelecemos um conjunto de aparatos legais com consulta a Ministério, consulta popular, para que seja possível honrar com esse compromisso,” disse.

Dando sequência será promovida uma audiência pública na Câmara de Vereadores na qual será ouvida a população. Em seguida a Prefeita encaminha o Projeto de Lei para ser votado na Câmara de Vereadores.

“É uma luta digna, haja vista o grande trabalho que a enfermagem presta à comunidade. A enfermagem é quem abraça de fato os serviços de saúde. Sabemos a importância de cada categoria, mas nós como enfermeiros precisamos neste momento destacar o trabalho que a enfermagem realiza, e uma luta que a classe já desenvolve a nível nacional, que é a pela jornada de 30 horas semanais,” disse a presidente da Câmara de Vereadores e enfermeira, Nadir Rodrigues.

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!