João Pessoa, 06 de fevereiro de 2016 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
em são paulo

Policial é morto e esposa sobrevive após ser baleada no rosto

Comentários:
publicado em 06/02/2016 às 10h49
Caso está sendo investigado na Delegacia Sede de Bertioga, no litoral de SP (Foto: Reprodução/TV Tribuna)

O chefe de investigações do 1° Distrito Policial de Mogi das Cruzes foi assassinado na madrugada deste sábado (6) em Bertioga, no litoral de São Paulo. Valmir Barbosa de Sousa, de 56 anos, estava com a esposa assistindo televisão quando um homem entrou na casa e anunciou o assalto. Ao descobrir que a vítima era um policial ele baleou o casal e conseguiu fugir.

A esposa de Valmir foi baleada no rosto, mas sobreviveu e foi levada de volta à sua cidade. Equipes policiais de Mogi das Cruzes foram deslocadas até o município do litoral paulista para auxiliar nas investigações.

O suspeito entrou na casa, localizada na Rua Merlin Junior, aproximadamente às 1h30, no bairro Boracéia. Após entrar na residência ele começou a revirar os cômodos atrás de objetos de valor e descobriu entre os documentos de Valmir que ele era chefe de investigações em Mogi das Cruzes.

Em seguida, o homem atirou na cabeça de Valmir, que morreu ainda no local. A esposa do policial conseguiu cobrir o rosto com as mãos, mas foi baleada no rosto e sobreviveu. Ela não corre risco de morrer.

Depois de efetuar os disparos, o criminoso roubou dinheiro, documentos, uma arma, algemas, outros objetos de valor e conseguiu fugir da residência. O caso está sendo investigado no 1° Distrito Policial de Bertioga. Até o momento, ninguém foi preso.

G1

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também