João Pessoa, 26 de outubro de 2016 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
vale do piancó

TCE-PB reprova contas de consórcio de Saúde

Comentários:
publicado em 26/10/2016 às 10h19
atualizado em 26/10/2016 às 11h10

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) reprovou, por supostas irregularidades, a prestação de contas de 2012 do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Piancó, apresentada pela gestora da época, a ex-prefeita de Piancó, Flávia Galdino.  Em razão disso, ela terá que devolver R$ 91.859,12 de débito e ainda pagar uma multa de R$ 7.882,17.

O acórdão da decisão foi publicado no Diário Oficial Eletrônico do órgão de controle externo da última sexta-feira, 21.

De acordo com o TCE, o débito refere-se às seguintes irregularidades: R$ 81.613,83  de lançamentos de dispêndios previdenciários não demonstrados; R$ 4.563,45 concernentes a contabilizações de valores no Ativo Realizável sem comprovações documentais das despesas originárias; R$ 3.147,38 relacionados a escriturações de despesas com aquisições de materiais gráficos e de limpeza sem evidenciações; e 2.534,46 relativos aos registros de gastos extraorçamentários sem confirmações.

Flávia Galdino governou Piancó por dois mandatos consecutivos (de 2005 a 2008 e de 2009 a 2012) e, além dos problemas na gestão do consórcio, teve prestações de contas municipais julgadas irregulares pelo TCE, igualmente com imputação de débitos e aplicação de multas.

MaisPB (Reprodução autorizada Folha do Vali)

Leia Também