João Pessoa, 09 de abril de 2015 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
NA AL

Anísio critica “inoperância” da ANA na gestão das águas na PB

Comentários:
publicado em 09/04/2015 às 13h57
atualizado em 09/04/2015 às 15h56
A- A+

O clima esquentou, na manhã desta quinta-feira (09), na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), durante sessão especial, proposta pela Frente Parlamenta da Água, para discutir a segurança hídrica da Paraíba com a ANA (Agência Nacional das Águas). Após as explanações, o deputado Anísio Maia fez duras críticas ao trabalho da ANA no Estado e chegou a chamar os representantes da agência de irresponsáveis.

“Quero deixar minha decepção pela inoperância da ANA no Estado da Paraíba e o exemplo é o açude de Boqueirão. Lá se planta bananeira, se irriga capim por inundação aos olhos da ANA. Agora querem correr atrás do prejuízo, mas com o agricultor sem nenhuma instrução, orientação. Vem se vangloriar aqui que cortaram a irrigação. Vocês são irresponsáveis, por que deixaram eles plantarem daquela forma. Vocês tem que pagar este pato e não o agricultor. Queria extravasar o meu protesto com a forma que a ANA vem tratando a questão da segurança pública na Paraíba”, desabafou.

O presidente da ALPB, deputado Adriano Galdino (PSB), cobrou respeito do parlamentar aos convidados da Casa de Epitácio Pessoa.  Galdino disse que Anísio tem todo o direito de realizar seu protesto, mas também tem que respeitar as autoridades.

“Anísio tem todo direito de fazer suas falas, seus protestos, mas precisa respeitar as autoridades nesta Casa”, registrou Adriano.

Galdino, que estava no plenário da AL apenas com espectador, disse ao deputado Jeová Campos (PSB), presidente da Frente Parlamentar da Água da AL, que comandava a sessão, que se estivesse na presidência dos trabalhos teria cortado a fala de Anísio.

Cristiano Teixeira – MaisPB