João Pessoa, 22 de junho de 2022 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
operação contra fraudes

Ex-ministro Milton Ribeiro é preso pela PF e será levado a Brasília; MEC é alvo de buscas

Comentários:
publicado em 22/06/2022 às 08h33
atualizado em 22/06/2022 às 09h12
A- A+
Foto: Isac Nóbrega/PR

A Polícia Federal prendeu na manhã desta quarta-feira (22) o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro. Ele é investigado por corrupção passiva, prevaricação, advocacia administrativa e tráfico de influência por suposto envolvimento em um esquema para liberação de verbas do MEC.

As prisões do ex-ministro e de pastores ocorreram dentro de uma operação na qual estão sendo cumpridos cinco mandados de prisão e 13 de busca e apreensão nos estados de Goiás, São Paulo, Pará e Distrito Federal. Um dos mandados foi cumprido dentro do Ministério da Educação.

A investigação foi motivada após denúncias da Folha de São Paulo e do Estadão de supostos favorecimentos aos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura e a atuação informal desses dois últimos na liberação de recursos do ministério.

Milton Ribeiro foi preso em Santos, em São Paulo, e está sendo levado para a Superintendência da Polícia Federal em Brasília, onde ocorrem as investigações, e onde ocorrerá a audiência de custódia.

As denúncias de março apontam a existência de um “gabinete paralelo” dentro do MEC controlado pelos pastores. Há suspeita de cobrança de propina.

MaisPB

MaisTV

Governador entrega mais de 100 ônibus para transporte escolar

EDUCAÇÃO - 01/07/2022

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas